Jorge Mamani/ Agência Boliviana de Informação
Reprodução/ Facebook