Edilson Rodrigues/Agência Senado
FACEBOOK / REPRODUÇÃO