Pesquisar
Pesquisar
Imagem: SJSP

Livro “Genocídio Isola Israel: Desafio é Criar o Estado da Palestina” é relançado nesta quinta (20), em SP

Evento vai contar com a presença dos autores, Nathaniel Braia e Nilson Araújo de Souza, lideranças políticas e comunicadores da causa palestina
Guilherme Ribeiro
Diálogos do Sul Global
Bauru (SP)

Tradução:

Conteúdo da página

Nesta quinta-feira, 20 de junho, às 19h, acontece o relançamento do livro “Genocídio Isola Israel: Desafio é Criar o Estado da Palestina”, de Nathaniel Braia e Nilson Araújo de Souza.

Realizado no Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo (SJSP), na capital paulista, o evento é uma ação conjunta dos Sindicatos dos Jornalistas e dos Escritores do Estado de São Paulo, contará com sessão de autógrafos e será transmitido ao vivo pelo canal do SJSP no YouTube.

Leia também | Cannabrava: Genocídio em Gaza

Além do lançamento da obra, serão homenageados no encontro:

– o Sindicato dos Jornalistas Palestinos, recentemente premiado pela Unesco pela defesa da liberdade de expressão em meio a circunstâncias extremas;
– as vítimas do genocídio palestino, que desde 7 de outubro já ceifou a vida de mais de 140 profissionais da imprensa;
– a jornalista palestina Shireen Abu Akleh, executada pelas forças sionistas em 11 de maio de 2022 enquanto cobria um ataque israelense em Jenin;
– e a rede Al Jazeera, que teve sua sede fechada em Israel por ordem do governo de Benjamin Netanyahu.

Wisam Zoghbour, membro da Secretaria-Geral do Sindicato dos Jornalistas Palestinos, e Hassan Maksoud, correspondente da Al Jazeera, também estarão presentes no relançamento, de forma virtual, e falarão com os presentes.

Leia também | 12 perguntas sobre o genocídio em curso: e se Gaza for a Auschwitz do século 21?

Já na mesa dos trabalhos, participam do debate os autores, Nathaniel Braia e Nilson Araújo de Souza, e também:

– Claude Fahd Hajjar (FEARAB América) – Federação de Entidades Americano Árabes (Chile);
– Emir Mourad (COPLAC), Confederação Palestina Latino-Americana e Caribenha (Argentina);
– Ibrahim Al Zebben, Embaixador do Estado da Palestina no Brasil (Palestina Ocupada);
– Ualid Rabah, (FEPAL) Federação Árabe Palestina do Brasil (Brasil);
Amyra El Khalili, Movimento Mulheres pela Paz na Palestina (Brasil)
– e Claudio Fonseca, (SINPEEM) Sindicato dos Profissionais de Educação da Educação Municipal de São Paulo (Brasil).

.

Ato por cessar-fogo

O relançamento do livro “Genocídio Isola Israel: Desafio é Criar o Estado da Palestina” é de extrema relevância diante da atual situação na Palestina e se une aos inúmeros atos ao redor do mundo por cessar-fogo imediato em Gaza e pelo fim do massacre de palestinos.

Assine nossa newsletter e receba este e outros conteúdos direto no seu e-mail.

Na introdução da obra, Nathaniel Braia e Nilson Araújo de Souza destacam: “este é um livro de combate. Nosso objetivo é desnudar a natureza do regime israelense a fim de contribuir para a luta dos povos e, particularmente, do povo palestino por sua emancipação e autodeterminação”.

Segundo a professora economista Amyra El Khalili, o evento é um ato de portas abertas e o convite se estende aos jornalistas que têm apoiado o protesto contra o genocídio:

“Considerando a importância de uma ação emergencial e de atenções neste momento crítico em que o exército de ocupação israelense avança sofre Rafah, em apoio a nossa justa causa Palestina estamos convidando para este evento as lideranças cuja participação será fundamental para fortalecer nossas ações e próximas articulações”, destaca.

Conheça, acompanhe e participe das redes da Diálogos do Sul Global.

Ainda segundo Khalili, editora das redes Movimento Mulheres pela Paz na Palestina, “a solidariedade e o engajamento são essenciais para enfrentarmos juntos a atual situação e apoiarmos a resistência palestina”.

Serviço

– Quando: 20 de junho, quinta-feira, das 19h às 22h.
– Onde: Auditório Vladimir Herzog, sede do Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo (SJSP) – Rua Rego Freitas, 530 – sobreloja, Vila Buarque, São Paulo (SP).
– Transmissão ao vivo: https://www.youtube.com/watch?v=2qLWndOnKzg
– Mais informações em: https://bit.ly/3x1w54g


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.

Guilherme Ribeiro Jornalista graduado pela Unesp, estudante de Banco de Dados pela Fatec e colaborador na Revista Diálogos do Sul.

LEIA tAMBÉM

Onix Lorenzon representa a extrema direita brasileira
Aliança pela Liberdade: Coalizão conservadora de Eduardo Bolsonaro planeja fortalecer direita na Europa
China-US-and-LATAM-COLLAGE1
Rivalidade EUA-China: o campo de batalha geopolítico em El Salvador reflete o cenário latino-americano
Niegan-libertad-condicional-a-Salvatore-Mancuso
Pânico: Elites colombianas temem que Salvatore Mancuso exponha segredos como massacres, deslocamentos e assassinatos seletivos
Peru
Lei da impunidade: Congresso do Peru aprova lei que beneficia Fujimori e repressores acusados de crimes de lesa humanidade