Pesquisar
Pesquisar
Imagem: Coletivo Banzo

Sarau Estações em Poesia – Edição Outono é neste sábado (29), em São Paulo

Organizado pelo Coletivo Banzo, encontro terá presença de vários convidados para uma noite de muita poesia, música, dança e arte; confira
Redação Diálogos do Sul Global
Diálogos do Sul Global
São Paulo (SP)

Tradução:

Respeitável público, o Sarau Estações em Poesia está de volta!

Em sua #EdiçãoOutono, o sazonal e tradicional evento cultural paulistano acontece neste sábado, 29 de junho, a partir das 19h30, no Espaço Cultural Latino Americano – ECLA, o boteco cultural-comunista do Bixiga.

Com muita poesia, música e diversidade artística, incluindo declamação musicada de contos, dança, esquetes de teatro e apresentação de livros, a noitada boêmia repleta de arte promete.

.

Com organização do Coletivo Banzo: arte-de-rua, além dos escritores e músicos que coordenam o evento, as intensas quatro horas desta edição de outono (tardio) contarão com a presença de vários convidados.

Dentre as atrações da noite, estão Liberto Solano Trindade, Carolina Montone, Deolinda Nunes, Nilu Xavier Strang, Rosseline Tavares, Lucas Delgado, Jacson Domingos, Alexandre Paulino, Thiago Mendes, Yuri Martins-Fontes e (psicograficamente) o escritor mineiro Fernando Sabino, homenageado na última edição do projeto Livro de Graça na Praça.

A entrada, como sempre, é livre!

Convoquem os amigos (sacaneiem os inimigos) e é só chegar.

Confira fotos de edições anteriores:

.
.
.
.
.
.

Serviço

O que: Sarau Estações em Poesia – Edição Outono
Quando: Sábado, 29 de junho, a partir das 19h30
Onde: Espaço Cultura Latino Americano (ECLA) – Rua Abolição, n. 244, bairro do Bixiga, São Paulo (SP).
Entrada gratuita.


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.

Redação Diálogos do Sul Global

LEIA tAMBÉM

G20 em quadrinhos | nº 8: Sociedade
G20 em quadrinhos | nº 8: Futuro
image-1200-c98a0a4e5bc2dc2e2419bb901e84fd74
G20 em quadrinhos | nº 7: Sociedade
10259
A epopeia da Marselhesa: hino da revolução francesa
Octavio_Brando
O marxismo de Octávio Brandão, um barbeiro e trabalhador itinerante