Pesquisar
Pesquisar

105 anos de Adoniran Barbosa

João Baptista Pimentel Neto

Tradução:

AdoniranO nome verdadeiro era João Rubinato, nascido em Valinhos (SP) em 6 de agosto de 1910. Cantor, compositor, humorista e ator brasileiro, ele ficou conhecido mesmo por Adoniran Barbosa, nome de uma de suas personagens famosas dos programas de rádio. Nesta quinta-feira, 6 de agosto, completam-se 105 anos do nascimento de Adoniran, que ficou conhecido como “o pai do samba paulista”.

Entre os seus principais sucessos estão o Trem das Onze, Saudosa Maloca e Bom dia tristeza, canções clássicas do samba. Ele morreu em novembro de 1982, vítima de um enfisema pulmonar. 
Um homem simples, que cantava pelo puro prazer de contar histórias que vivenciava e observava. Todos os personagens, inclusive o famoso Arnesto, existiram mesmo. Alguns personagens eram inspirados em recortes de jornal, outros nos amigos de longa data.
Entre as homenagens que lhe serão prestadas a Adoniran destacamos o programa Momento Três, da Rádio Nacional FM de Brasília, desta quinta-feira (6) comemora os 105 anos de Adoniran Barbosa, que cantava com aquele sotaque próprio dos paulistas descendentes de italianos. O plural podia até ficar esquecido, mas a criatividade nunca.
O momento Três em homenagem a Adoniran Barbosa vai ao ar nesta quinta-feira (6), às às 22h, na Rádio Nacional FM Brasília (96,1MHz). Você também pode ouvir o programa no mesmo horário, ao vivo, no site das Rádios EBC.

Confira abaixo o primeiro LP gravado por Adoniran Barbosa

01.ABRIGO DE VAGABUNDO
02.BOM DIA, TRISTEZA
03.AS MARIPOSAS
04.SAUDOSA MALOCA
05.IRACEMA
06.JÁ FUI UMA BRASA
07.TREM DAS ONZE
08.PROVA DE CARINHO
09.ACENDE O CANDIEIRO
10.APAGA O FOGO MANÉ
11.VÉSPERA DE NATAL
12.DEUS TE ABENÇOE NOTA 10


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
João Baptista Pimentel Neto Jornalista e editor da Diálogos Do Sul.

LEIA tAMBÉM

Javier_Milei
Milei bloqueia 5 mil ton de comida, deixa mais pobres com fome e inflama revolta na Argentina
Héctor Llaitul
Sem provas, justiça do Chile condenou líder mapuche Héctor Llaitul em prol de madeireiras
protestos-peru
Cleptocracia, ignarocracia, bufocracia: o declínio do substantivo "democracia" no Peru
Bolivia-guerra-hibrida-eua (1)
Guerra híbrida na Bolívia entra em nova fase e EUA querem "mudança de regime" até 2025