Pesquisar
Pesquisar

26 anos da invasão ao Panamá: quantos são os mortos?

Revista Diálogos do Sul

Tradução:

Invasao do Panama pelos EUA3Aproxima-se o 26º Aniversario da Invasão ao Panamá e ainda existe um verdadeiro ‘Cerco Informativo’ em torno a isso. Em dezembro de 1989, os Estados Unidos bombardearam e invadiram a Cidade do Panamá com força total. Uma cidade totalmente desarmada. Os indignados diante da agressão que tentaram resistir, principalmente os jovens, foram massacrados.

São fatos que não se pode deixar de recordar e de protestar e que revelam bem as intenções dos Estados Unidos com relação aos seus vizinhos latino-americanos. Quantos foram os mortos?… Quem são eles?… Onde estão? O Centro de Estudos Estratégicos do Panamá busca responder a essas questões e enviou ao Diálogos do Sul a única lista de vítimas publicadas até hoje.
Assinalando alguns fatos relevantes
Centro de Estudos Estratégicos (CEE-Panamá)

  • O Sismógrafo da Universidade do Panamá registrou a primeira bomba às 00.46 h. Nas 14 horas seguintes, antes de deixar de funcionar, registrou 417 bombas: uma a cada 2 minutos.
  • Em dezembro de 1989, o Instituto de Medicina Legal, órgão do Ministério de Governo e Justiça reportou 345 vítimas mortais e as classificou assim: 155 civis (132 homens, 17 mulheres, 6 crianças), 65 militares, 16 carbonizados e 16 desconhecidos. Desses 345, 308 foram mortos na Cidade do Panamá, 34 em Colón e 3 em Río Hato.Não foram divulgados os nomes.
  • Em 11 de janeiro de 1990, o mesmo Instituto de Medicina Legal aumentou a cifra para 516 vítimas: 314 militares e 202 civis.Não foram divulgados os nomes.
  • Nessa mesma semana, o Arcebispo do Panamá afirmou na Missa Campal celebrada no Centro Comercial El Dorado que a Invasão deveria ser lembrada como umalibertação (sic).
  • Em 28 de janeiro de 1990, o pároco da Igreja Nossa Senhora de Fátima em El Chorrillo, declarou ao jornal Panorama Católico, propriedade da Cúria: “segundo meu conhecimento, aos mortos anunciados – não indicaram por quem – é preciso acrescentar mais 18 pessoas. Com esse número subiriam para 637 os panamenhos mortos na Invasão”. Não foram divulgados os nomes.
  • Dos 9 membros principais do Estado Maior das Forças de Defesa (1 General, 1 Coronel e 7 Tenentes-coronéis), nenhum foi morto nem ferido. Todos se entregaram.
  • Todos os mortos foram da tropa: soldados, cabos, sargentos e um (1) tenente.
  • Precedendo a Lista de Vítimas que se publica abaixo, o CEE-Panamá fazia um apelo às pessoas e organismos em cujas mãos ou a cujo alcance está o poder de ajudar a construir esta Verdade Nacional, Histórica, de indubitável importância para o Povo Panamenho e sua Dignidade”.

Invasao do Panama pelos EUA1Referíamo-nos a três fontes principais: O Comando Sul dos Estados Unidos   (USSOUTHCOM) , a Direção do Partido Democrata Cristão que controlava o Ministério de Governo e Justiça e a Hierarquia da Igrejas Católica. O apelo foi e continua sendo ignorado.
No mesmo dia da publicação, o CEE-Panamá alugou uma sala no Hotel Ejecutivo e Diógenes de la Rosa, Thelma King e Carmen Miró apresentaram e comentaram extensamente a lista. Apenas alguns jornalistas estrangeiros aceitaram o convite que foi feito a todos os meios de comunicação nacionais e estrangeiros.

  • Naquela ocasião também chamamos Familiares, Amigos, Vizinhos, Conhecidos e Companheiros de Trabalho das Vítimas mortais para completar a Lista porque sabemos que só o Povo consciente é capaz de construir sua própria Verdade.
  • Em 25 de Setembro de 2014, na estreia do filmeInvasióndirigido pelo cineasta panamenho Abner Benaim, o Sr. Saturnino – Nino – Solís, funcionário do Necrotério panamenho naqueles dias de dezembro de 1989 e janeiro de 1990 declarou que no livro de Registros, a Lista de Vítimas Mortais já superava os 800 (oitocentos) nomes, antes que as páginas fossem arrancadas e desaparecidas pelas autoridades do momento (O Exército dos Estados Unidos?… o Ministério de Governo e Justiça em mãos dos Democratas Cristãos?… a Presidência da República?). Que saibamos é a primeira vez que publicamente uma fonte direta, e a nosso ver confiável, oferece uma cifra mais de acordo com a investigação que naquele momento desenvolvemos no CEE-Panamá.Diante disso, fazemos um novo apelo para que nos forneçam qualquer informação que amplie, precise o corrija esta Lista Parcial que reproduzimos abaixo.

Invasao do Panama pelos EUA2LISTA PARCIAL das VÍTIMAS Tal como foi publicada na segunda-feira, 26 de outubro de 1992 como Matéria Paga de uma página nos jornais: La Estrella de Panamá, El Panamá-América, Crítica, La Prensa El Siglo.

Até hoje continua sendo a única divulgada amplamente
Esta Lista de Vítimas, elaborada pelo Centro de Estudos Estratégicos (CEE-Panamá) com base em listas, testemunhos, entrevistas e trabalho de campo é Parcial, Incompleta e seguramente não está livre de erros, Quase três anos depois da última Intervenção Armada dos Estados Unidos no Panamá – a Décima Nona (XIX), o povo panamenho não dispõe de uma lista de Vítimas.
Com origem nas diferentes posições em torno da Invasão de 1989 vários fatores e interesses concorrem para isso. Por um lado, o interesse do Governo dos Estados Unidos em minimizar o número de vítimas. Coincidentemente, o interesse do próprio Governo Panamenho no mesmo sentido.
Por outro lado – e já no terreno dos Direitos Humanos – o interesse de alguns organismos em minimizar ou maximizar o número de vítimas sem oferecer prova documentada – pelo menos uma Lista Pública – de suas afirmações.
Por último, os interesses de alguns setores por unificar e assimilar – com um conceito errôneo e interessadamente amplo – as violações aos Direitos Humanos cometidas desde o Golpe de Estado (Interno) de 1968 até a invasão (Estrangeira) de 1989.
Na prática, o resultado foi a construção de um eficiente CERCO INFORMATIVO em torno às Vítimas da Invasão.
Consideramos que só o Povo constrói sua Verdade.
Consideramos que os Custos Humanos da Invasão não são um problema quantitativo, mas sim Qualitativo, Ético, Moral.
Não é essencial o fato de o número ser maior ou menor.
É essencial o fato de que os interesses daqueles que propiciaram, executaram e apoiaram a Invasão custaram ao Povo Panamenho um número plural de seus filhos mortos pela ação de um Governo Estrangeiro.
Nosso apelo vai dirigido aos Familiares, Amigos, Vizinhos, Conhecidos e Companheiros de Trabalho das Vítimas.
Nosso apelo também vai dirigido às pessoas e organismos em cujas mãos ou a cujo alcance esteja o poder de ajudar a construir esta VERDADE NACIONAL, HISTÓRICA, de indubitável importância para o Povo Panamenho e sua DIGNIDADE.
Que esta, NOSSA VERDADE NACIONAL, seja uma Homenagem a panamenhos mortos em seu próprio País pelo Governo dos Estados Unidos que executou uma Invasão para defender interesses – próprios e locais – que não têm relação com os Interesses Nacionais do Povo Panamenho.
ARROYO GONZÁLEZ, JAIME
ACOSTA SÁNCHEZ, PABLO
AGUILAR DE LEÓN, SARA MARGARITA
AGUILAR, REYNALDO ANTONIO
ALVARADO CARRINGTON, MOISÉS
APARICIO OLIVA, ROBERTO ADOLFO
ARAUZ ACHONG, HUMBERTO ISMAEL
ARDINES PRADO, MANUEL DE JESÚS.
ALCIDES, GUILLERMO
ACOSTA, MIGUEL
AGRAZAL, ALEX
ALVARADO, LUIS
ALDRETE, EDUARDO
ARANA RIQUELME, RICARDO AURELIO
ARAUZ, ALCIBÍADES
AYARZA, GILKE BORIS
BAYLE SMITH, HENRY LEOPOLDO
BENNET, OSCAR CÉSAR
BATISTA, GUY ALEJANDRO
BARRAGÁN CASTILLO, GERARDO,
BECERRA LEDEZMA, MANUEL IGNACIO
BENÍTEZ CÓRDOBA, ANGEL
BONILLA PINZÓN, EVARISTO HUMBERTO
BONILLA T., ERICK ABDIEL
BECKELD SUBE, THOMAS GEORGE
BRICEÑO SÁNCHEZ, PORFIRIO
BROOKS, CECILIO
BROWN, GUILLERMO
BURREL, CELINA
BARRERA DELGADO, CONCEPCIÓN
BARKER WILLIS, ARTURO AUGUSTO
BAENA PÉREZ, ROLANDO ALBERTO
BALLESTEROS SALGUERO, MARIO A.
BARCASNEGRAS CABALLERO, AZAEL
BARKER, LUIS CARLOS
BENDIBURG, JOSÉ
BETHANCOURT AMSTRONG, BRAULIO
BONILLA GONZÁLEZ, CLARO
BORINES, JESÚS ANTONIO
BRADDICK VÁSQUEZ, ROLANDO
BRATWAITE, FERNANDO ERNESTO
BROWN, EULOGIO
BROWN WATSON, MIRNA ROSALÍA
BROWN, BRUCE CARL
BATISTA, JUSTO
BARRIOS M., MARTÍN ALBERTO
CALDERÓN VANEGAS, GAVINO
CASTILLO GOTTY, LUIS ALBERTO
CASTILLO VÍCTOR
CASTILLO ANDRADE, OMAR ORESTES
CASTRO, JACINTO
CARRILLO CERVANTES, CÉSAR ORLANDO
CAMARENA RODRÍGUEZ, IDALESIO
CARROLL, MANUEL
CEDEÑO AGUIRRE, FERMÍN
CARREÑO, JORGE
CASTILLO, YANETH LISBETH
CASTILLO GERTRUDES
CASTILLO EVERS, MANUEL DE JESÚS
CASTILLO SOLÍS, DEMETRIO
CARRIÓN, JOSÉ F.
CALVO, JOSÉ JULIO
CAMPOS, JESÚS
CERRUD, CAMILO
CEDEÑO, ROGER ALEXIS
CHAVERRA, TEODORO
CASTILLO, JUAN
CHECA, MARÍA DEL ROSARIO
CÓRDOBA VELÁSQUEZ, ROGER RAMIRO
CORTEZ VARRETT, JOSEPH EMANUEL
COWGLEY ARIANO, SACHERIRA KATHERINE
CHÁVEZ RODRÍGUEZ, BREDIO ERASMO
CUBILLAS ALVARADO, MANUEL GUILLERMO
CUELLO HERRERA, GERACIO FERMÍN
CERRAD, ALEJANDRO
CABEZAS, LUIS A.
CEPEDA, CARLOS
CHIMÚ VÁSQUEZ, ARMANDO ENRIQUE
COULTHRUST Q., MARCO ANTONIO
CÓRDOBA MARTÍNEZ, MARTÍN
CÓRDOBA, AURELIO
CONTE, JAIME PASCUAL
CLIFFORD MARTÍNEZ, VÍCTOR MANUEL
DE LEON BOLAÑOS, PEDRO NOLASCO
DE ROUX FIGUEROA, CLAUDIO ALEJANDRO
DE GRACIA, TOMAS
DÍAZ RODRÍGUEZ, PABLO ROBERTO
DÍAZ RODRÍGUEZ, CARMEN
DOMÍNGUEZ FRÍAS, FIDEL
DOMÍNGUEZ QUIJANO, CATALINO
DÍAZ CEDEÑO, NATIVIDAD
DÍAZ, SEVERINO
DÍAZ, ISMAEL
DÍAZ, JOSÉ LUIS
DE LEÓN, JUAN A.
DEL RÍO BONILLA, DANIEL
DÍAZ BARRÍA, BERTA ALICIA
DOMÍNGUEZ MARÍN, JORGE A.
DOMÍNGUEZ, JOSÉ HERIBERTO
DUARTE, VESPACIANO
DE LA CRUZ, EVERARDO
ESCOBAR GONZÁLEZ, CELEDONIO
ESPINOZA, VENANCIO
ESPINOZA, MAURICIO
ESTRADA, FLORENCIO
ESPINOZA RODRÍGUEZ, SABA
ESPINOZA RODRÍGUEZ, FLORENTINO
ESPINOZA, JOSÉ
FARIÑA, IVÁN ORLANDO
FALCÓN, BALBINO
FIARON (RECIÉN NACIDO)
FRANCO, MANUEL
FERNÁNDEZ CABAL, ORENCIO
FREDERICK C., JOSÉ
FLORES SANTIZO, SANTIAGO
FRANCIS FARRAL, MANUEL CALIXTO
GALVAN SERRANO, BELLATRIZ MERCEDES
GALVÁN CASTRO, MANUEL ESTEBAN
GARCÍA R., ROBERTO
GUTIÉRREZ RUÍZ, JUAN
GUERRA, ISAAC
GARCÍA, JORGE
GÓNGORA, VEGANO
GÓNGORA FRÍAS, ROGELIO
GONZÁLEZ GONZÁLEZ, CRISTÓBAL
GONZÁLEZ JAÉN, OSVALDO ENRIQUE
GÁLVEZ, EDWIN ALBERTO
GALLARDO CEDEÑO, AGRIPINO
GÓMEZ TORRES, ROBERTO T.
GÁLVEZ, EFRAÍN
GARCÍA QUINTERO, JOVINA MARÍA
GONZÁLEZ, ENRIQUE J.
GONZÁLEZ, CÉSAR ANTONIO
GONZÁLEZ, JOSÉ SANTIAGO
GONZÁLEZ, RUBINA
GUADAMUZ BRANDA, LUIS ANTONIO
GORDÓN A., MARCIA VICTORIA
GUTIÉRREZ ARAUZ, EUGENIO
HERNÁNDEZ CASTILLO, MIGUEL
HOWARD TORNE, LUIS ANTONIO
HUBBARD TORRERO, ALEJANDRO ANTONIO
HURTADO VIUDA DE GONZÁLEZ, VICTORIA
HERNÁNDEZ GONZÁLEZ, CRISPÍN
HULLIBY, JOHN
HUDSON FRANCIS, OMAR ANASTACIO
IBARGUEN, ANTONIO
IBARGUEN JIMÉNEZ, ERASMO
IGLESIAS ARCE, MARIO ALBERTO
ISAZA GARCÍA, AMALIO
JAÉN PERALTA, PABLO EMILIO
JIMÉNEZ MEDINA, JULIO
JARAMILLO, DIANA
JIMÉNEZ LÓPEZ, DÁMASO ALEJANDRO
JURADO, GIL
KAM LAY, LEOPOLDO
LARA ACOSTA, ADOLFO
LÓPEZ, GUILLERMO CARLOS
LÓPEZ M., JUAN CARLOS
LYNCH GREY, RICARDO
LEDEZMA GONZÁLEZ, GUILLERMO
LUNA TERÁN, EDGAR HERROW
LÓPEZ GONZÁLEZ, DEMETRIO
LÓPEZ DE PEREA, OTILIA
LOZANO BORJAS, EDISON ANTONIO
LYONS SÁNCHEZ, SIDNEY
LÓPEZ, CARLOS ANTONIO
MARCIACQ BRUN, JUAN LUIS
MAGALLÓN MENDOZA, DEMETRIO
MARTÍNEZ ACHONG, ABDIEL REYMAR
MARTÍNEZ CHIMÚ, PEDRO ANTONIO
MARTÍNEZ GONZÁLEZ, OMAR EBERTO
MARTÍNEZ DE LEÓN, ALEJANDRO
MAGALLÓN OLIVEROS, FELIPE
MCKAY DE GRACIA, FEDERICO CALORIE
MERO AVILA, MOISÉS VITERBO
MENDOZA, JULIA
MORALES, LUIS E.
MORENO, VARELLO
MURILLO, MARÍA BERNUIL
MARTÍNEZ AGUILAR, MOISÉS
MENA SANJUR, ALCIDES GUILLERMO
MENESES DE SALAS, DIONISIA
MELÉNDEZ MUÑOS, SIMÓN
MIRANDA PINEDA, DÍDIMO
MORALES ROSALES, LUIS ENRIQUE
MARTÍNEZ PAREDES, ERNESTO
MARTÍNEZ ATENCIO, FÉLIX DEL CARMEN
MARTÍNEZ VALDEZ, DANIEL A.
MARTÍNEZ VALDÉS, JOAQUÍN ALFONSO
MARTÍNEZ, NORBERTO
MARÍN, MANUEL DE JESÚS
MACKAY DE BURGOS, GRACIELA
MEDINA IGLESIAS, REYNALDO A.
MORENO, JUAN J.
MATEY, JAVIER
MORCIGA, JUAN
MARISCAL, FLORENCIO
MONROE DUM, RAYMOND
MCCARTY DALEY, JAVIER ALEXANDER
MELA MONTILLA, EUTIMIO
MÉNDEZ, LUIS CARLOS
MOSQUERA, JOSÉ LORENZO
MORENO0, REINALDO
MORALES, EUCLIDES
MURILLO HERRERA, HÉCTOR PORFIRIO
MUÑOS MELÉNDEZ, SIMÓN JUSTINO
MURILLO CASTILLO, LUIS ALBERTO
NORIEGA, JOSÉ RENÉ
NÚÑEZ, GABRIEL
NÚÑEZ VARGAS, ANTONIO
NÚÑEZ, SIMÓN
OROZCO SALDÍVAR, TOMÁS
OBALDÍA RIZO, EVERARDO
PALACIOS PEREA, CÉSAR ERNESTO
PARUTA AVILA, NERVIN JOSÉ
PAYNE NAVAS, LOUIS
PEREA POVEDA, ISMAEL A.
PÉREZ GUZMÁN, LUIS OCTAVIO
PIMENTEL DE GRACIA, BERNARDO
PINZÓN CASTILLO, INÉS
PUELLO HERRERA, HORACIO FERMÍN
PRADO, MANUEL DE JESÚS
PINO, ROLANDO,
PANAY, EDITH DE
PAREDES, EDUARDO
PALACIOS MATURANA, TOMÁS BENICIO
PÉREZ TORRES, ANTONIO
PEÑA AÑANDETA, MANUEL
PINEDA SANJUR, OVIDIO
PITTI SÁNCHEZ, HERIBERTO
PITTI CONTRERAS, JAVIER FRANCISCO
PUGA BRUSTER, CARLOS EMER
PÉREZ, JULIO
PITTI, DANIEL
QUIÑÓNEZ SANTAMARÍA, BIENVENIDO
QUEZADA LUCERO, JOSÉ ALBERTO
QUINTERO CIANCA, LUIS ALBERTO
QUIRÓS, JUAN
RAMOS PINO, ARCADIO
RAMOS DÍAZ, CÉSAR AUGUSTO
RECUERO TROCONIS, JUAN JOSÉ
REYES JUSTINIANI, LUIS V.
RIVERA CASTILLO, ROBERTO ABDIEL
RIVERA M., CARLOS ARIEL
RODRÍGUEZ, BENJAMÍN
RODRÍGUEZ MORENO, JUAN ANTONIO
RODRÍGUEZ, TEÓFILO
RODRÍGUEZ GARRIDO, OCTAVIO
RUÍZ, JOSÉ A.
RUÍZ BONILLA, HUMBERTO
RODRÍGUEZ, MARIA B. DE
RAMOS RUDAS, ELIZABETH
REID PYLE, ANDREA AIDE
REYES ROSALES, DANIEL
REYNA CÁCERES, HUMBERTO
RIVERA BATISTA, TOMÁS AZAEL
RÍOS C., LUIS
RODRÍGUEZ MARÍN, JORGE ALEJANDRO
RODRÍGUEZ, PAULINO
RODRÍGUEZ GONZÁLEZ, RUFINO
RODRÍGUEZ BONILLA, CARLOS A.
ROSALES, ARIEL ARMANDO
RIVERA, RICARDO
SANTAMARÍA, EDUARDO
SÁNCHEZ TORRES, ARNOLDO
SÁNCHEZ P. ARNULFO
SANJUR CEDEÑO, ERICK J.
SANTAMARÍA R., ALFREDO
SAMANIEGO, ELISEO
SARMIENTO MÁRQUEZ, HUGO NERYS
SÁNCHEZ, LUIS GILBERTO
SÁNCHEZ R., RICARDO ALEXIS
SÁNCHEZ HERRERA, CORNELIO
SÁENZ (RECIÉN NACIDO)
SANTOS MORALES, URIEL
SARMIENTO, MARISOL
SERRANO CAMPOS, PEDRO
SEGURA RODRÍGUEZ, ISMAEL ENRIQUE
SMITH B., GILBERTO A.
STERLING SANDERSON, WINSTON GEORGE
SUGASTE, VALENTÍN
SMITH LORENZO, MARCOS
SMITH SMITH, ROGELIO ANTONIO
STANFORD PARDINES, ROSA
SALDAÑA SERRACÍN, ROBERTO MILLER
SALAZAR, POLO
TORREGLOSA, LUIS GUSTAVO
TEJADA, RUBÉN
TRUJILLO, JOSÉ A.
MUÑÓN GONZÁLEZ, DIOSELINA
TORRES, ROBERTO G.
TORRES PÉREZ, ANTONIO
TRIVIÑO RICKETTS, VALENTÍN
TRUJILLO ROJAS, RAFAEL ERNESTO
TREJOS, RITA
URRIOLA GUDIÑO, OSVALDO A.
VAQUERO, JOSÉ FÉLIX
VÁSQUEZ, MÁXIMO
VÁSQUEZ REYES, CELIA MARÍA
VEGA, AGRIPINO
VERGARA HINOSTROZA, SEBASTIÁN
VILLARREAL LÓPEZ, FEDERICO
VILLALTA, ANGEL
VILLARREAL DE LEÓN, ERNESTO
VARGAS DE RIVAS, ROSA VICTORIA
VALDÉS NÚÑEZ, RAMÓN ALBERTO
VÁSQUEZ, LEOVIGILDO
VERGARA ESTRADA, SILVANY
VELÁSQUEZ CÓRDOBA, RAÚL
VARGAS JAÉN, JAVIER A.
VALENZUELA, JUAN
VALENTINO, RIGOBERTO
WILSON HARROW, LUCÍA MARCELA
WALKER T., SHIRLEY
WILSON, OMAR
WALTER B., RIGOBERTO V
ZAMBRANO, MARCELINO.
http://www.centrodeestudiosestrategicos-cee-panama.org/
 


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Revista Diálogos do Sul

LEIA tAMBÉM

Cuba
EUA tiram Cuba de lista sobre terrorismo: decisão é positiva, mas não anula sanções
ONU
Palestina como membro pleno da ONU: entenda os reflexos da resolução aprovada
Crise-drogas-EUA
EUA culpam cartéis do México por crise de drogas entre estadunidenses
Cartão Vermelho para Donald Trump...