Pesquisar
Pesquisar

7º BlogProg: Jornalistas, jornais e ativistas traçam estratégias contra o fascismo no Brasil

Participantes debateram o papel da imprensa tradicional e os caminhos da comunicação popular em favor de uma sociedade mais humana e igualitária
Redação Correio do Brasil
Correio do Brasil
Rio de Janeiro (RJ)

Tradução:

Ao longo deste último fim de semana, jornalistas, jornais independentes e do campo progressista, ativistas digitais e blogueiros, reunidos durante o 7º BlogProg em Maricá, no litoral do Estado do Rio, traçaram as estratégias para o combate ao fascismo disseminado pela mídia conservadora e as forças da ultradireita ao longo dos últimos quatro anos.

Os participantes, de todo o país, dissecaram ainda o papel da imprensa tradicional, “agente e cúmplice das mazelas que afetam o país e a busca por traçar os caminhos da comunicação popular em favor de uma sociedade mais humana e igualitária”, conforme afirmou o coordenador do encontro, jornalista Altamiro Borges.

Assista na TV Diálogos do Sul

Após quatro anos de hiato, o Encontro Nacional de Blogueiros e Ativistas Digitais está de volta! Com uma programação recheada de nomes de peso da comunicação e da cultura, o evento discutiu estratégias, experiências e ideias para derrotar o fascismo que contamina o país e enfrentar a batalha eleitoral decisiva de 2022, praticamente um plebiscito entre civilização e barbárie — acrescentou.

Participantes debateram o papel da imprensa tradicional e os caminhos da comunicação popular em favor de uma sociedade mais humana e igualitária

Correio do Brasil
Encerramento do encontro ficou com a apresentação do documentário “Não foi acidente, mataram meu pai”, da diretora Jana Sá

Documentário

Entre os nomes que integraram os debates, o jornalista Octávio Costa, presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABIBeth Costa, coordenadora do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDCMarcos Dantas, membro eleito do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br); a jornalista Hildegard Angel, entre muitos outros, denunciaram o risco de a extrema direita elevar o tom na campanha eleitoral que se aproxima.

Assista na TV Diálogos do Sul

O encerramento do encontro, na tarde de domingo, ficou com a apresentação do documentário “Não foi acidente, mataram meu pai”, da diretora Jana Sá, que relata os fatos sobre a trajetória política do potiguar Glênio Sá, dirigente comunista e guerrilheiro do Araguaia.

Redação Correio do Brasil


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na TV Diálogos do Sul


Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:

  • PIX CNPJ: 58.726.829/0001-56 

  • Cartão de crédito no Catarse: acesse aqui
  • Boletoacesse aqui
  • Assinatura pelo Paypalacesse aqui
  • Transferência bancária
    Nova Sociedade
    Banco Itaú
    Agência – 0713
    Conta Corrente – 24192-5
    CNPJ: 58726829/0001-56

       Por favor, enviar o comprovante para o e-mail: assinaturas@websul.org.br 


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Redação Correio do Brasil

LEIA tAMBÉM

Carlos Rodríguez
"Milei provocou uma das recessões mais rápidas e profundas da história", diz ex-braço direito
Embajada_de_México_en_Ecuador
México pede medidas cautelares devido à invasão da embaixada em Quito e CIJ rejeita
Luis-Abinader
Haiti gravita sobre o novo mandato dominicano de Luis Abinader
Javier_Milei
Milei bloqueia 5 mil ton de comida, deixa mais pobres com fome e inflama revolta na Argentina