Pesquisar
Pesquisar

A arte mecanizada

Tetê Catalão

Tradução:

Poema de Samuel da Costa*
 

Ilustração tt Catalão.
Ilustração tt Catalão.

Toda a poesia será castigada?

Perguntou o poeta ao suicida!

***

Oh cidade claustrofóbica!

Por quê?

Mil vezes por quê?

Deixaste-me aqui sozinho, para morrer?

***

Oh palavras disléxicas que se repetem!

E se repetem, sem fim!

Sem parar…

Na minha mente

***

Sonho mecanizado!

Do mundo diluído nas telas das TV’s!

Cidade cinzenta!

Deserto árido!

Um mundo em concreto armado!

Habitados de mentes vazias…

Vidas estéreis

Vidas áridas

***

Um sonho mecanizado…

Em Meca-nografia digital!

Textos tabulados!

Dados tabulados, em um mundo binário!

Interligados por um oceano de fibra óptica.

Um emaranhado de filamentos extremamente finos

Flexíveis…

Vidros ultrapuro!

***

Toda a arte será castigada?

Mecanizada!

Digitalizada!

Multiplicada!

Diluídas nas telas das TV’s?

Imagens e High-Definition

***

Pois toda a arte será castigada!

Massificada!

Industrializada!

Vulgarizada!

Em um sonho mecanizado

Uma arte vazia!

Cinzenta!

Planificada!

***

Pois toda a arte será mecanizada!

Toda a arte será massificada!

Mundializada

Plastificada

E diluída nas ondas dos rádios!

Digitalizada e compartilhadas via

Telas de computadores

Computadores Miniaturizados

Vulgarizados

***

Toda a poesia será castigada?

Perguntou o poeta ao suicida!

 

*Colaboração espontânea à Diálogos do Sul


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Tetê Catalão

LEIA tAMBÉM

Carlos Rodríguez
"Milei provocou uma das recessões mais rápidas e profundas da história", diz ex-braço direito
Embajada_de_México_en_Ecuador
México pede medidas cautelares devido à invasão da embaixada em Quito e CIJ rejeita
Luis-Abinader
Haiti gravita sobre o novo mandato dominicano de Luis Abinader
Javier_Milei
Milei bloqueia 5 mil ton de comida, deixa mais pobres com fome e inflama revolta na Argentina