Pesquisar
Pesquisar

ALBA-TCP: Mecanismo de integração latina defende fundo humanitário contra pandemia

O mecanismo de integração determinou a criação de um fundo humanitário destinado a constituir um banco de vacinas e medicamentos
Redação Prensa Latina
Prensa Latina
Caracas

Tradução:

O Acordo Comercial da Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América (ALBA-TCP) fortalece hoje mecanismos de cooperação para enfrentar a pandemia Covid-19 a partir de uma posição de unidade e solidariedade .

Nessa linha de ação, o Conselho Social da ALBA-TCP realizou uma reunião extraordinária na véspera, por meio de videoconferência, com o objetivo de coordenar esforços e intercambiar boas práticas relacionadas ao fortalecimento dos sistemas de saúde e garantir o acesso dos países do bloco aos tratamentos.

Diante dos desafios impostos às nações da região pela situação pandêmica, o mecanismo de integração determinou a criação de um fundo humanitário destinado a constituir o banco de vacinas e medicamentos, iniciativa que surgiu na Cúpula de alto nível do organismo multilateral realizada em dezembro. 

Nesse sentido, destacaram os anúncios do Banco del Alba sobre a disponibilização de linhas de financiamento da ordem de dois milhões de dólares para a promoção de projetos de saúde.

O mecanismo de integração determinou a criação de um fundo humanitário destinado a constituir um banco de vacinas e medicamentos

La Epoca
O Acordo Comercial da Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América fortalece mecanismos de cooperação para enfrentar a pandemia.

A entidade financeira desembolsará em uma fase inicial o montante de um milhão de dólares direcionado aos Estados insulares do Caribe Oriental membros da ALBA-TCP, o que lhes permitirá concluir negociações iniciadas com empresas e terceiros países para a aquisição de vacinas anti-Covid-19.

Numa segunda fase, a instituição bancária disponibilizará mais um milhão de dólares ao banco de vacinas e medicamentos, para garantir o acesso a material médico e exames diagnósticos.

Da mesma forma, a Venezuela disponibilizou sua capacidade produtiva para a produção de vacinas, além de coordenar a ativação de um transporte aéreo por meio da companhia aérea nacional Conviasa para a transferência de antídotos, tratamentos, suprimentos médicos e pessoal de assistência.

Ao final do encontro, o Ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, fez um apelo à coordenação das capacidades nacionais para a concretização do maior sistema multilateral para o bem-estar dos povos latino-americanos e caribenhos.

“Conseguimos o nível de precisão que nossos governos exigiram de nós, o banco de vacinas e tratamentos, boas práticas para enfrentar a pandemia, foi finalizado”, disse o chefe da diplomacia venezuelana.

Por sua vez, o secretário-executivo do bloco integracionista, Sacha Llorenti, defendeu o fortalecimento do multilateralismo no combate à pandemia, ao alertar sobre a desigualdade no acesso às vacinas desenvolvidas para combater a doença coronavírus.

“Não é a mão invisível do mercado que resolverá o problema, só se conseguirá com um multilateralismo fortalecido”, disse o diplomata boliviano, que apontou a ALBA-TCP como um exemplo para o mundo no combate à pandemia da cooperação e a solidariedade.

Redação Prensa Latina

Prensa Latina, especial para Diálogos do Sul — Direitos reservados.


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

   

Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Redação Prensa Latina

LEIA tAMBÉM

Milei
"Barbárie" e "desequilíbrio emocional": Petro e Fernández criticam nova selvageria de Milei
José Raúl Mulino
Eleição no Panamá simboliza crise sistêmica que atinge democracia "representativa"
Vox-Abascal-Milei
Xenofobia e delírios ultradireitistas: Vox reúne asseclas em Madri
Xi Jinping - Putin
Encontro de Xi e Putin fortalece relação histórica e aliança contra ofensiva “dupla” dos EUA