Pesquisar
Pesquisar

Antes de ‘morte acidental’, ambientalista e professor de SC Getúlio Larratéa sofria ameaças

Ativista, morto no dia 02/06, denunciava ocupações ilegais na região do Sertão do Peri, no Pântano do Sul, bairro onde residia, em Florianópolis (SC)
Redação Desacato
Desacato
Florianópolis (SC)

Tradução:

No dia 09 de junho, o portal Desacato entrevistou no JTT o professor Carlos Pinheiro e a professora Regina Fagundes sobre a morte de Getúlio Dornelles Larratéa, professor aposentado do departamento de Nutrição da UFSC, que foi encontrado morto na porta de sua casa no dia 02/06.

O delegado Ênio Mattos, da Delegacia de Homicídios da Capital, informou no dia 09/06 que a investigação aponta para morte acidental por queda. De acordo com o delegado, o servidor teria levado um tombo dentro da casa onde morava. No entanto, as razões de sua morte ainda geram dúvidas.

Ativista, morto no dia 02/06, denunciava ocupações ilegais na região do Sertão do Peri, no Pântano do Sul, bairro onde residia, em Florianópolis (SC)

Reprodução Facebook
Getúlio Dornelles Larratéa era professor aposentado do departamento de Nutrição da UFS

Getúlio era ativista ambiental e denunciava ocupações ilegais na região do Sertão do Peri, no Pântano do Sul, bairro onde residia, em Florianópolis (SC). O professor Carlos diz que Getúlio havia comentado que vinha sofrendo ameaças. A violência contra ambientalistas e ativistas no Brasil é histórica e leva a morte, portanto é necessária uma investigação séria para que tenha certeza absoluta do que ocorreu. 

Assista à entrevista completa no link abaixo:

Redação Desacato


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na TV Diálogos do Sul


Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:

  • PIX CNPJ: 58.726.829/0001-56 

  • Cartão de crédito no Catarse: acesse aqui
  • Boletoacesse aqui
  • Assinatura pelo Paypalacesse aqui
  • Transferência bancária
    Nova Sociedade
    Banco Itaú
    Agência – 0713
    Conta Corrente – 24192-5
    CNPJ: 58726829/0001-56

       Por favor, enviar o comprovante para o e-mail: assinaturas@websul.org.br 


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Redação Desacato

LEIA tAMBÉM

Héctor Llaitul
Sem provas, justiça do Chile condenou líder mapuche Héctor Llaitul em prol de madeireiras
Palestina
Ocidente deveria se preocupar com massacre operado por Netanyahu livremente
Assange
Silêncio, imperialismo e guerra midiática: por que não podemos nos esquecer de Assange?
Prancheta 55
Reino Unido decide expulsar mais de 50 mil pessoas solicitantes de asilo para Ruanda