Pesquisar
Pesquisar

Ao declarar fim da era unipolar, Tony Blair admite os erros do Ocidente

"Tentaram criar uma anti-Rússia a partir da Ucrânia e fracassaram", analisa Vladímir Olénchenko, membro da Academia de Ciências da Rússia
Redação Russia Today
Russia Today
Moscou

Tradução:

O ex primeiro ministro britânico Tony Blair afirmou que a era do domínio ocidental do mundo chega ao fim. Os analistas consideram que, com esta declaração, o político na realidade admite os erros do ocidente.

Durante seu discurso em um ato da Fundação Ditchley, Blair comentou a situação atual do mundo e disse que a crise ucraniana provocou uma mudança mundial.

Assista na TV Diálogos do Sul

“Aproxima-se o fim do domínio ocidental na política e na economia. O mundo se tornará pelo menos bipolar, possivelmente multipolar”, declarou.

Também observou a crescente influência da China como “segunda potência mundial” e aconselhou os países ocidentais a aumentar seus orçamentos militares e estabelecer relações com os países em desenvolvimento.

Com estas declarações, o ex-primeiro-ministro admitiu realmente os erros do Ocidente, opinou Vladímir Olénchenko, membro do Centro de Estudos Europeus do IMEMO da Academia de Ciências da Rússia.

“Tentaram criar uma anti-Rússia a partir da Ucrânia e fracassaram. Trata-se de uma crise dos esforços ocidentais no espaço pós-soviético“, disse o analista político.

"Tentaram criar uma anti-Rússia a partir da Ucrânia e fracassaram", analisa Vladímir Olénchenko, membro da Academia de Ciências da Rússia

Wikimedia Commons
"A era do domínio ocidental que tanto preocupa Blair é uma era de negação do direito internacional", afirma o senador russo Andréi Klishas




Geórgia e a Moldávia

Segundo o analista, o Ocidente também “esperava que a Geórgia e a Moldávia fossem agressivas com a Rússia”.

“O que aconteceu demonstrou os limites da capacidade coletiva do Ocidente para atuar no mundo em geral e no espaço pós-soviético”, acrescentou.

Agregou que o “Ocidente tem que encontrar seu lugar no mundo e construir suas relações de forma a coexistir com outros Estados”.

Mídia fecha os olhos à realidade: Só rompendo com o colonialismo o capitalismo se desenvolve

No entanto, não será fácil para o Ocidente integrar-se ao mundo multipolar emergente, acredita o senador russo Konstantín Dolgov.

“A inércia interna do antigo hegemonismo em Washington é demasiadamente grande. Os títeres pró estadunidenses à frente dos governos europeus ainda não caíram até o final, embora seguramente o processo tenha começado aqui também”, ressaltou o senador russo.

O senador também vê nestas declarações um sinal por parte das elites britânicas e ocidentais mais sóbrias de que começaram a se dar conta do fim da era do domínio ocidental no mundo.

Por sua vez, o ocupante de um alto cargo do Senado russo Andréi Klishas afirmou que “a era do domínio ocidental que tanto preocupa Blair é uma era de negação do direito internacional, uma era de uso arbitrário da força por parte dos países da OTAN em todo o mundo para servir a seus interesses geopolíticos, uma era de negação da soberania de outros Estados”.

Estas três décadas de novo domínio colonial por parte do Ocidente, disfarçadas de fanfarronadas sobre a “democracia liberal”, terminaram, concluiu Klishas, concordando com Blair.

Redação Russia Today
Tradução de Ana Corbisier


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na TV Diálogos do Sul


Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:

  • PIX CNPJ: 58.726.829/0001-56 

  • Cartão de crédito no Catarse: acesse aqui
  • Boletoacesse aqui
  • Assinatura pelo Paypalacesse aqui
  • Transferência bancária
    Nova Sociedade
    Banco Itaú
    Agência – 0713
    Conta Corrente – 24192-5
    CNPJ: 58726829/0001-56

       Por favor, enviar o comprovante para o e-mail: assinaturas@websul.org.br 


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Redação Russia Today

LEIA tAMBÉM

Trump
À frente em 5 estados-chave, Trump tira de Biden eleitores historicamente democratas
Carles Puigdemont (1)
Sugestão de Puigdemont após eleição na Catalunha cria tensão com governo Sánchez; entenda
Andrei Belousov - Rússia (1)
Rússia: bem-sucedida no front, estratégia militar vai se manter com novo ministro da Defesa
imigrantes-eua
Para agradar republicanos e democratas, Biden aprova medida que facilita expulsão de imigrantes