Pesquisar
Pesquisar

Após EUA, Putin diz que Rússia pode apoiar suspensão de patentes para vacinas contra COVID-19

Mandatário russo destacou que medida não só não contradiz, mas, como está em conformidade com certas regras da Organização Mundial do Comércio
Redação Sputnik Brasil
Sputnik Brasil
São Paulo (SP)

Tradução:

Em uma reunião com a vice-primeira-ministra Tatiana Golikova nesta quinta-feira (6), o presidente russo, Vladmir Putin, afirmou que a medida de suspender patentes de vacinas contra o coronavírus está em conformidade com as regras da Organização Mundial do Comércio (OMC).  

“Neste momento ouvimos que há ideias na Europa que, na minha opinião, merecem atenção. [A ideia é] renunciar a todos os direitos de proteção de patentes sobre vacinas contra a COVID-19. Isso não só não contradiz, mas, na medida em que eu entendo, está em conformidade com certas regras da Organização Mundial do Comércio, que prevê o levantamento dessa proteção de patente em circunstâncias extraordinárias”, disse Putin. 

O presidente russo acrescentou que a pandemia em curso deve ser considerada uma circunstância extraordinária.

Mandatário russo destacou que medida não só não contradiz, mas, como está em conformidade com certas regras da Organização Mundial do Comércio

Reprodução: Winkiemedia
O presidente russo, Vladimir Putin pode apoiar suspensão de patentes de vacinas

“Portanto, Tatiana Alekseevna [Golikova], eu pediria a você e seus colegas para atentar para isso, e trabalhar em cima. Sem dúvida, a Rússia apoiaria tal ideia”, completou o presidente.

Na última quarta-feira (5) a administração norte-americana Biden manifestou apoio à suspensão de proteções de propriedade intelectual para as vacinas contra a COVID-19 devido à emergência global desencadeada pela pandemia. A informação foi divulgada pela representante de Comércio dos EUA, Katherine Tai, nesta quarta-feira (5).


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na Tv Diálogos do Sul

   

Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Redação Sputnik Brasil

LEIA tAMBÉM

Netanyahu
Pouco há para comemorar na decisão da Corte Penal Internacional contra Netanyahu
Nationale Sozialisten,Demonstration,Recht auf Zukunft,Leipzig,17
Conluio da extrema-direita realizado em Madri é só a ponta do iceberg
EUA-fentanil
A DEA, a ofensiva contra o México, o fentanil e os mortos por incúria
Wang-Wenbin-China
China qualifica apoio dos EUA a separatismo em Taiwan como “grave violação” e exige retratação