Pesquisar
Pesquisar

Biografia de Marighella vence o Prêmio Jabuti 2013

Revista Diálogos do Sul

Tradução:

Marighella

Foram divulgados os vencedores das 27 categorias da 55º edição do Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro (CBL). Evandro Affonso Ferreira venceu a categoria romance com “O mendigo que sabia de cor os adágios de Erasmo de Rotterdam”. Em poesia, o premiado foi Ademir Assunção, com “A voz do ventríloquo” (Edith). A categoria contos e crônicas teve como ganhador Sérgio Sant’Anna, com “Páginas sem glória”. Na categoria biografia, o vencedor foi Mário Magalhães, com “Marighella” (Companhia das Letras). Em reportagem, a obra premiada foi “As duas guerras de Vlado Herzog” (Civilização Brasileira), de Audálio Dantas. Na categoria infantil, a obra laureada foi “Ela tem olhos de céu” (Gaivota), de Socorro Accioli e “Namíbia, não!” (Edufba), de Aldri Anunciação, venceu a categoria juvenil.

Os ganhadores de cada uma das categorias recebem R$ 3.500. Os primeiros lugares de algumas delas concorrem aos prêmios de Livros do Ano de Ficção e Não Ficção, e só serão divulgados em 13 de novembro, na festa de premiação. Os vencedores receberão mais R$ 35 mil.
O júri, formado por especialistas de cada categoria, também será revelado em 13 de novembro e foi indicado pelo Conselho Curador do Prêmio, do qual fazem parte José Luiz Goldfarb, Antonio Carlos Sartini, Frederico Barbosa, Luis Carlos Menezes e Márcia Ligia Guidin.
Após a polêmica do “jurado C”, em 2012, quando o crítico literário Rodrigo Gurgel deu notas zero ao romance “Infâmia”, de Ana Maria Machado, um dos dez finalistas ao prêmio da categoria romance – eliminando assim qualquer chance de vitória da obra, que conseguira notas máximas de outros jurados – houve mudanças no regulamento do Jabuti. A principal delas foi limitar as notas entre 8 e 10, de modo a evitar que um único jurado seja capaz de desequilibrar a disputa distribuindo notas muito altas ou muito baixas aos finalistas.

Confira abaixo a lista dos vencedores das principais categorias:

Romance
1 – “O mendigo que sabia de cor os adágios de Erasmo de Rotterdam” (Record), de Evandro Affonso Ferreira
2 – “Glória” (7Letras), de Victor Heringer
3 – “Barba ensopada de sangue” (Companhia das Letras), de Daniel Galera

Poesia
1 – “A voz do ventríloquo” (Edith), de Ademir Assunção
2 – “Raymundo Curupyra, o Caypora” (Tordesilhas), de Glauco Mattoso
3 – “Porventura” (Record), de Antonio Cicero

Contos ou crônicas
1 – “Páginas sem glória” (Companhia das Letras), de Sérgio Sant’Anna
2 – “Diálogos impossíveis” (Objetiva), de Luis Fernando Verissimo
3 – “Aquela água toda” (Cosac Naify), de João Anzanello Carrascoza

Infantil
1 – “Ela tem olhos de céu” (Gaivota), de Socorro Accioli
2 – “Visita à baleia” (Positivo), de Paulo Venturelli
3 – “A ilha do crocodilo – Contos e lendas do Timor Leste” (FTD), de Geraldo Costa

Juvenil
1 – “Namíbia, não!” (Edufba), de Aldri Anunciação
2 – “Os anjos contam histórias” (Melhoramentos), de Luiz Antonio Aguiar
3 – “Ouro dentro da cabeça” (Autêntica), de Maria Valeria Rezende

Biografia
1 – “Marighella” (Companhia das Letras), de Mário Magalhães
2 – “A carne e o sangue” (Rocco), de Mary Del Priore
3 – “Getúlio: dos anos de formação à conquista do poder, 1882-1930” (Companhia das Letras), de Lira Neto

Reportagem
1 – “As duas guerras de Vlado Herzog – da perseguição nazista na Europa à morte sob tortura no Brasil”(Civilização Brasileira), de Audálio Dantas
2 – “Dias de inferno na Síria” (Benvirá), de Klester Cavalcanti
3 – “Mãos que fazem História” (Verdes Mares), de Cristina Pioner e Germana Cabral

Teoria e crítica literária
1 – “A Ficção e o poema” (Companhia das Letras), de Luiz Costa Lima
2 – “Crítica em tempos de violência” (Edusp e Imesp), de Jaime Ginzburg
3 – “A narrativa engenhosa de Miguel de Cervantes: Estudos cervantinos e a recepção do Quixote no Brasil” (Edusp e Imesp), de Maria Augusta da Costa Vieira


A lista completa de vencedores das 27 categorias está no site www.premiojabuti.com.br/resultado.

As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Revista Diálogos do Sul

LEIA tAMBÉM

vintage-historic-photos-of-the-battle-of-berlin-1945-bw-10
A batalha de Berlim e a rendição nazista: entrevista com um combatente
Paris
Da Porte de la Villette à Bastille: uma jornada pela cultura e modernidade de Paris
Questão-racial-Brasil (1)
Lima Barreto, 13 de maio e a questão racial no Brasil
ASTROJILDOPEREIRA-MGLIMA-2023-OK
O marxismo de Astrojildo Pereira, fundador do Partido Comunista do Brasil (PCB)