Pesquisar
Pesquisar

Campanha de solidariedade aos amigos e companheiros do grupo Tortura Nunca Mais/RJ

Revista Diálogos do Sul

Tradução:

tortura nunca mais

Durante mais de 28 anos, o GTNM/RJ tem mantido o seu compromisso com a luta pelos direitos humanos, denunciando crimes que ocorreram durante a ditadura civil-militar, e que ocorrem até hoje, com a conivência de um Estado que se diz Democrático e de Direito.

O Grupo tem sido eticamente coerente com seus princípios: suprapartidário, não aceitando apoio financeiro do Estado, nem de qualquer partido político. Desde sua fundação, em 1985, sobrevive graças ao empenho de seus amigos, parceiros e militantes. Com verbas — cada vez mais diminutas — de entidades internacionais de Direitos Humanos, desenvolve um projeto pioneiro no Brasil de atendimento clínico e jurídico a pessoas atingidas pela violência do Estado.

Já há tempos, atravessamos uma grave crise financeira. Os projetos de atendimento aos atingidos pela violência institucionalizada foram minimizados e, possivelmente, acabem. As verbas vindas da Europa estão escasseando. Embora tenhamos reduzido ao máximo as nossas despesas, a situação continua muito grave. Neste mês de janeiro de 2013, a verba do Projeto acabou e tivemos que lançar mão dos fundos de doações do grupo para pagarmos os profissionais do Projeto Clínico.

Esta nova Campanha de Solidariedade tem por objetivo conseguir uma ajuda mensal fixa, ou não, daqueles que sempre têm ajudado a manter viva essa luta. Este apoio será determinado por cada um que queira participar e usado para a manutenção da nossa sede. Mensalmente, tomaremos a liberdade de lembrá-los deste apoio solidário.

Mais uma vez, contamos com vocês para continuar a contribuir com essa causa que não é somente nossa, mas de todo o povo brasileiro, que continua almejando uma sociedade sem torturas que coloque para conhecimento de toda a sociedade as diferentes visões de nossa história, afirmando memórias até hoje desqualificadas e, mesmo, desconhecidas.

Assim, informamos que gostaríamos de poder acompanhar os depósitos que estarão sendo feitos em nossa conta: Banco Itaú, agência 0389, Conta 77791-3, em nome de Tortura Nunca Mais/RJ, CNPJ 29.249.950/0001-36.

Pela Memória, Verdade e Justiça!

Pela Vida, Pela Paz

Tortura Nunca Mais!


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Revista Diálogos do Sul

LEIA tAMBÉM

Lula
Frei Betto | Para Lula, momento exige maior sintonia entre governo e movimentos sociais
Lula-RS-Brasil (2)
Nas mãos de Lula, caos no RS é sequela do bolsonarismo: desmonte ambiental e fake news
mães - palestina
Dia das Mães: algumas mães só querem a paz de presente, lembra ato pró-Palestina em Brasília
RS - inundações
Chamado à solidariedade internacionalista: inundação no RS demanda mobilização