Pesquisar
Pesquisar

Criticado duramente no Twitter, usuários pedem impeachment urgente de Bolsonaro

Com a situação pandêmica no Amazonas indo de mal a pior, governante não consegue paz nas redes; posicionamento adotado por ele tem sido rememorado
Pablo Rodrigues
Sputnik Brasil
São Paulo (SP)

Tradução:

Hospitais sem oxigênio, doentes sendo transferidos a outros estados, cemitérios superlotados e sem vagas e toque de recolher. Esta é a realidade do Amazonas, que está presenciando uma média móvel de mortes com aumento de 183% nos últimos sete dias pelo novo coronavírus.

No Twitter, a culpa pelo colapso do Amazonas está caindo nas costas do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, que está sendo chamado de “assassino”. Além do mais, muitos brasileiros estão usando a hashtag #ImpeachmentBolsonaroUrgente, por não verem outra saída.

Já são mais de 23 mil tweets com menção da palavra “assassino” nesta sexta-feira (15).

No Twitter está circulando um vídeo de trechos de entrevistas de Bolsonaro sobre a COVID-19, que vão de “gripezinha” a “não ser coveiro”.

Com a situação pandêmica no Amazonas indo de mal a pior, governante não consegue paz nas redes; posicionamento adotado por ele tem sido rememorado

Reprodução: Winkiemedia
Jair Bolsonaro tem tido problemas com as redes sociais onde estão sugerindo seu impeachment urgente

“Espere um genocídio.” 

Citada em mais de 44 mil tweets, a hashtag #ImpeachmentBolsonaroUrgente está repleta de indignação de brasileiros

Há quem esteja pedindo reação de todos para que o impeachment aconteça.

O Brasil quebrado.

Seria esse o novo slogan do governo?

Ladeira abaixo.

O tweet que é sempre “ressuscitado” em pedido de impeachment contra Bolsonaro.

Há quem acredite que influenciadores estejam fazendo mais pela população do que o próprio governo. 

Celebridades fazendo sua parte

Recentemente, surgiu notícia de que o influenciador Whindersson Nunes doou oxigênio para Manaus e mobilizou mais celebridades para doação.

A campanha de Nunes só cresce, e, através do Twitter, está sendo atualizada em prol de pacientes sem oxigênio de Manaus.


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Veja também 

Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Pablo Rodrigues

LEIA tAMBÉM

Lula
Frei Betto | Para Lula, momento exige maior sintonia entre governo e movimentos sociais
Lula-RS-Brasil (2)
Nas mãos de Lula, caos no RS é sequela do bolsonarismo: desmonte ambiental e fake news
mães - palestina
Dia das Mães: algumas mães só querem a paz de presente, lembra ato pró-Palestina em Brasília
RS - inundações
Chamado à solidariedade internacionalista: inundação no RS demanda mobilização