Pesquisar
Pesquisar

Cuba incorpora micro, pequena e médias empresas e adapta cooperativas não agrícolas

Ministro da Economia, Alejandro Gil anunciou que mudanças constituem o início da diversificação e expansão da estatal e de outras formas de gestão
Redação Prensa Latina
Prensa Latina
Havana

Tradução:

*Atualizado em 28/01/2022 às 13:30.

As transformações e melhorias que Cuba realiza hoje para a renovação de seu cenário econômico constituem o início da diversificação e expansão da estatal e de outras formas de gestão.

Foi assim que o Vice-Primeiro-Ministro e Ministro da Economia, Alejandro Gil, definiu a incorporação das micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) e a adaptação das cooperativas não agrícolas e do trabalho autônomo, todas convocadas a promover o desenvolvimento a partir de suas próprias esferas.

Em seu discurso no espaço Mesa Redonda de quarta-feira (11), Gil especificou que se trata de aproveitar ao máximo as capacidades criadas e todas as potencialidades em um ambiente nacional muito mutável e dinâmico, pressionado pelo bloqueio dos Estados Unidos, o aumento do custo dos suprimentos e produções locais.

Salientou que após a conclusão do desenho das normas jurídicas e a aprovação do decreto-lei sobre estas organizações pelo Conselho de Estado, fica facilitada a sua inserção de forma coerente no ordenamento jurídico, como ator que afeta a transformação produtiva do País.

Ministro da Economia, Alejandro Gil anunciou que mudanças constituem o início da diversificação e expansão da estatal e de outras formas de gestão

OnCuba
Vice-primeiro ministro e ministro da economia, Alejandro Gil.

A este respeito, rejeitou as opiniões negativas da imprensa internacional de que estas medidas são uma resposta aos acontecimentos de 11 de julho, o que constitui um desconhecimento de todo o processo iniciado desde o sétimo e oitavo congresso do Partido Comunista de Cuba. para a atualização do modelo econômico cubano.

As transformações em curso são uma decisão soberana de Cuba, endossada pela Constituição da República, e assumem-se em condições econômicas nacionais e internacionais excepcionais e difíceis devido à pandemia Covid-19, que no ano passado causou ao país a perda de US $ 2,4 bilhões, acrescentou ele.

Neste contexto, o trabalho por conta própria (privado) também recebe um impulso significativo, após a aprovação de vários regulamentos para promover esta modalidade na economia nacional, afirmou a Ministra do Trabalho e Segurança Social, Marta Elena Feitó.

Ela afirmou que a atuação desse importante ato econômico nunca havia sido conceituado no país.

Leia também:
História de Cuba comprova que mesmo após embargo dos EUA, ilha caribenha tem melhores índices da América Latina

Para promover e incentivar esta modalidade, as MPMEs e as cooperativas não agrícolas, o sistema tributário adapta o pagamento de impostos com base no princípio de que quem ganha mais contribui com mais, destacou a ministra das Finanças e Preços, Meisi Bolaños.

Nesse sentido, todas as arrecadações contribuirão para os orçamentos municipais, para o desenvolvimento local e em função do crescimento e manutenção dos gastos sociais dos territórios.


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na TV Diálogos do Sul


Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:

  • PIX CNPJ: 58.726.829/0001-56 

  • Cartão de crédito no Catarse: acesse aqui
  • Boletoacesse aqui
  • Assinatura pelo Paypalacesse aqui
  • Transferência bancária
    Nova Sociedade
    Banco Itaú
    Agência – 0713
    Conta Corrente – 24192-5
    CNPJ: 58726829/0001-56

       Por favor, enviar o comprovante para o e-mail: assinaturas@websul.org.br 


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.

Redação Prensa Latina

LEIA tAMBÉM

Porto-Principe-Haiti
Haiti: sem perspectiva de melhora em 2024, crise econômica bloqueia redução da pobreza
Greg-Casar
Greg Casar: deputado dos EUA quer proteção a indocumentados e fim do imperialismo
Chiquita-Brands
Condenada nos EUA, multinacional Chiquita bancou paramilitares autores de massacres na Colômbia
Palestina-mulheres
Carta de mulheres brasileiras pelo fim do genocídio em Gaza ganha repercussão internacional