Pesquisar
Pesquisar

Debate com presidenciáveis latino-americanos questiona caminhos da nova esquerda

Programa de Integração da América Latina da USP reúne líderes políticos da nova geração de Bolívia, Chile, Colômbia e Equador em evento nesta quinta-feira (3)
Redação
Diálogos do Sul
São Paulo (SP)

Tradução:

Em meio à ofensiva da direita na América Latina, novos rostos da esquerda apareceram e estão abrindo caminho na região, com grandes chances eleitorais. São líderes políticos jovens, mas com trajetórias bem-sucedidas e apoio da população.

Para conhecer o que pensam, suas propostas e quais estratégias estão adotando para resistir, o Programa de Integração da América Latina (Prolam) da Universidade de São Paulo (USP) promove, nesta quinta-feira (3), a partir das 20h, um debate com os presidenciáveis de Colômbia, Gustavo Petro; Equador, Andrés Arauz; Chile, Daniel Jadue e com a senadora boliviana Adriana Salvatierra. 

É possível assistir ao debate aqui.

Programa de Integração da América Latina da USP reúne líderes políticos da nova geração de Bolívia, Chile, Colômbia e Equador em evento nesta quinta-feira (3)

Reprodução/ montagem Diálogos do Sul
De cima para baixo, da esquerda para a direita: Gustavo Petro, Adriana Salvatierra, Andrés Arauz Galarza e Daniel Jadue

Após duas décadas de governos progressistas, que transformaram a vida de milhares de pessoas, há uma contraofensiva da direita, que inclui golpes de Estado, lawfare, prisão e perseguição de líderes políticos, além de uma onda antidemocrática e conservadora com ataques e mortes de opositores políticos e líderes sociais.

O combate à desigualdade, o fim da fome e do analfabetismo em grande parte da região, a nacionalização de recursos naturais e a consequente melhora na distribuição de renda foram o legado destes governos, principalmente na América do Sul. Mas estas apostas ainda fazem sentido? É o que será debatido neste evento, que contará com a mediação do comunicador, pós-graduado em Relações Internacionais e mestre pelo PROLAM, Franco Alejandro López. 

Confira um breve perfil dos participantes: 

ADRIANA SALVATIERRA ??

Boliviana, cientista política e senadora pelo Movimento ao Socialismo, MAS. Foi presidente do Senado do Estado Plurinacional da Bolívia. 

ANDRÉS ARAUZ ??

Equatoriano, economista, ex-Ministro da Cultura e de Talento e Desenvolvimento Humano e candidato à Presidência do Equador pelo Movimento Revolución Ciudadana. 

DANIEL JADUE ??

Chileno, arquiteto e sociólogo, atualmente é prefeito de Recoleta. É militante do Partido Comunista e lidera a corrida presidencial do Chile para 2022.

GUSTAVO PETRO ??

Colombiano, economista e senador, ex-prefeito de Bogotá, candidato à Presidência da Colômbia por Unión Patriotica, ex-militante do Movimento 19 de Abril (M-19) e fundador do partido político Colombia Humana.

Mediação: 

Franco Alejandro López – Mestre pelo PROLAM

Serviço

O que pensa a nova Esquerda latino-americana, quais são as urgências da região?

PROLAM USP DEBATE 

Data: 03/09

Horário: 20h (horário de Brasília)

Onde assistir? Canal do PROLAM USP DEBATE no Youtube

Veja também:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Redação

LEIA tAMBÉM

Gustavo Petro
Violação dos acordos de paz: entenda por que Petro vai denunciar a própria Colômbia na ONU
Haiti
Haiti: há pelo menos 20 anos comunidade internacional insiste no caminho errado. Qual o papel do Brasil?
Betty Mutesi
“Mulheres foram protagonistas na reconstrução da paz em Ruanda”, afirma ativista Betty Mutesi
Colombia-paz
Possível retomada de sequestros pelo ELN arrisca diálogos de paz na Colômbia