Pesquisar
Pesquisar

"Deter Assange é afronta permanente à liberdade de expressão", diz Obrador a Biden

“Ele não causou a morte de ninguém, não violou nenhum direito humano" escreveu AMLO em carta, entregue ao homólogo dos EUA durante visita
Emir Olivares
La Jornada
Cidade do México

Tradução:

Em uma carta o presidente Andrés Manuel López Obrador explicou para seu homólogo estadunidense Joe Biden sua posição sobre o caso do fundador do WikiLeaks, Julian Assange, e as razões pelas quais deve ser libertado.

A informação foi dada por AMLO nesta segunda (18), ao ser interrogado sobre se tratou do assunto do ciber ativista em seu encontro bilateral na semana passada com Biden, na Casa Branca.

“Sim, deixei uma carta ao presidente Biden sobre Julian Assange”, respondeu López Obrador.

Ao falar do conteúdo desta missiva, disse que nela explica a seu homólogo dos Estados Unidos que Assange não cometeu delito algum. “Ele não causou a morte de ninguém, não violou nenhum direito humano (…) Detê-lo significaria uma afronta permanente à liberdade de expressão e à liberdade”.

“Ele não causou a morte de ninguém, não violou nenhum direito humano" escreveu AMLO em carta, entregue ao homólogo dos EUA durante visita

Montagem Brasil 247
López Obrador expõe a Biden razões para libertar Julian Assange

Extradição

O australiano – que está detido em uma prisão do Reino Unido, que autorizou sua extradição, já que é reclamado pela justiça dos Estados Unidos para ser julgado por supostos delitos de espionagem — tornou públicos há mais de uma década uma série de milhares de telegramas classificados que mostraram violações de direitos humanos e delitos cometidos por Washington durante suas intervenções no Afeganistão e no Iraque, assim como outras ações de ingerência em diversas nações do planeta.

Durante a manhã desta segunda-feira, o presidente López Obrador disse que na carta que entregou terça-feira da semana passada a Biden, em meio a sua visita de trabalho à Casa Branca, explica que o México, seu governo, ofereceu proteção e asilo político a Assange.

Decisão de enviar Assange para morte nos EUA é vergonhoso para justiça britânica

O mandatário informou que não recebeu uma resposta a seu posicionamento e que não vai pedi-la porque “tenho que ser respeitoso, tenho que esperar que analisem o assunto e tomem seu tempo”.

Sobre sua visita à capital estadunidense, informou que tanto Biden como a vice-presidenta daquele país, Kamala Harris, receberam e trataram com afeto a delegação mexicana demonstrando muito respeito para com o México.

“Portaram-se muito bem e se fortaleceu a cooperação para o desenvolvimento de todos os tipos, foi muito boa a entrevista (com Biden), boa viagem, bom encontro”.

López Obrador destacou sobre tudo a presença e atitude de dezenas de pessoas que se deslocaram de diversos pontos da geografia estadunidense para acompanhá-lo em sua viagem.

“Me encheram de emoção, porque foram muitas as demonstrações de solidariedade”, destacou o primeiro mandatário.

Emir Olivares e Alonso Urrutia | La Jornada
Tradução de Ana Corbisier


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na TV Diálogos do Sul

 


Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:

  • PIX CNPJ: 58.726.829/0001-56 

  • Cartão de crédito no Catarse: acesse aqui
  • Boletoacesse aqui
  • Assinatura pelo Paypalacesse aqui
  • Transferência bancária
    Nova Sociedade
    Banco Itaú
    Agência – 0713
    Conta Corrente – 24192-5
    CNPJ: 58726829/0001-56

       Por favor, enviar o comprovante para o e-mail: assinaturas@websul.org.br 


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Emir Olivares

LEIA tAMBÉM

Palestina-jovens
No 76° aniversário da Nakba, juventude internacional se levanta pela Palestina
Nakba
Crônica de uma Nakba anunciada: como Israel força “êxodo massivo” dos palestinos de Gaza
Questão-racial-Brasil (1)
Lima Barreto, 13 de maio e a questão racial no Brasil
Palestina- Gaza
Relatório do Repórteres Sem Fronteiras minimiza crimes de Israel contra jornalistas palestinos