Pesquisar
Pesquisar

Dialogando com Silvio Tendler: O que está acontecendo com a cultura no Brasil?

Em entrevista para a TV Diálogos do Sul, o cineasta falou sobre cultura, cinemateca e os seus novos projetos
George Ricardo Guariento
Diálogos do Sul
São Paulo (SP)

Tradução:

Hoje, na TV Diálogos do Sul, o jornalista Paulo Cannabrava Filho dialogou com o cineasta Silvio Tendler.  No bate-papo, eles falaram sobre cultura, cinemateca e os novos projetos do cineasta.

APOIE A DIÁLOGOS

Silvio é um cineasta brasileiro, conhecido como “o cineasta dos vencidos” ou “o cineasta dos sonhos interrompidos”, porque abordou em seus filmes personalidades como Jango, JK, Carlos Marighella, dentre outros, que foram mortos.

Em entrevista para a TV Diálogos do Sul, o cineasta falou sobre cultura, cinemateca e os seus novos projetos

Reprodução: Twitter
Silvio Tendler é conhecido como "o cineasta dos vencidos" ou "o cineasta dos sonhos interrompidos"

Início da carreira

Sua carreira teve início, em meados da década de 1960, por meio do Movimento Cineclubista, que ajudou a formar uma geração de cineastas brasileiros, em uma época na qual, não existiam escolas de cinema no Rio de Janeiro, em uma conjuntura de crescente politização dos movimentos artístico-culturais.

Em 1968, tornou-se presidente da Federação de Cineclubes do Rio de Janeiro. Naquele ano, também atuou como assistente de direção de Paulo Alberto de Barros, que seria posteriormente conhecido como Artur da Távora no curta-metragem “Fantasia para ator e TV”, produzido por Zelito Vianna (Mapa Filmes) e realizou seu primeiro documentário, sobre a Revolta da Chibata, após conhecer o marinheiro João Cândido por intermédio de Ricardo Cravo Albim, então diretor do Museu de Imagem e Som, e de Adalberto do Nascimento Cândido, o Candinho.

Entretanto, devido à situação de repressão política vigente na época da Ditadura Militar, o filme foi queimado pelo responsável pela guarda dos negativos originais.

RECEBA NOSSO BOLETIM

Em 1969, iniciou o curso de Direito na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), mas abandonou a faculdade para dedicar-se ao cinema.

Em outubro de 1969, Elmar Soares de Oliveira, um dos integrantes da Federação de Cineclubes, sequestrou um avião comercial brasileiro levando-o para Havana (Cuba), pela suposta ligação com Elmar, Silvio tornou-se réu de um Inquérito Policial Militar, mas com a ajuda do Coronel Aviador Afrânio Aguiar, conseguiu se desvincular das acusações.

Filmografia

  • La Spirale” – (1975) 

  • Os Anos JK – Uma trajetória política (1980)

  • O Mundo Mágico dos Trapalhões (1981)

  • Jango (1984)

  • Castro Alves – Retrato Falado do Poeta (1999)

  • Glauber o Filme – Labirinto do Brasil (2003)

  • Encontro com Milton Santos ou O Mundo Global Visto do Lado de Cá (2006).

  • Utopia e Barbárie (2009).

  • Tancredo, a Travessia (2011), mostra a trajetória de Tancredo Neves (1910-1985) e compõe trilogia com os já lançados “Anos JK” (1980) e “Jango” (1984).

  • Os Advogados contra a Ditadura (2014) – série em cinco episódios de 52 minutos.

  • Militares da Democracia (2014) – versão longa-metragem.

Assista à entrevista completa:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
George Ricardo Guariento Graduado em jornalismo com especialização em locução radiofônica e experiência na gestão de redes sociais para a revista Diálogos do Sul. Apresentador do Podcast Conexão Geek, apaixonado por contar histórias e conectar com o público através do mundo da cultura pop e tecnologia.

LEIA tAMBÉM

Paris
Da Porte de la Villette à Bastille: uma jornada pela cultura e modernidade de Paris
Questão-racial-Brasil (1)
Lima Barreto, 13 de maio e a questão racial no Brasil
ASTROJILDOPEREIRA-MGLIMA-2023-OK
O marxismo de Astrojildo Pereira, fundador do Partido Comunista do Brasil (PCB)
Hipátia de Alexandria
O assassinato de Hipátia de Alexandria, a mulher filósofa