Pesquisar
Pesquisar

Eleições 2020: Manuela D’Ávila atinge 24% das intenções de voto e aumenta liderança

Candidata do PCdoB em Porto Alegre (RS), também lidera a pesquisa espontânea, na qual o entrevistado não recebe a lista de candidatos, com 15%
Redação Sul 21
Sul 21
Porto Alegre (RS)

Tradução:

A nova pesquisa do Instituto RealTime Big Data, divulgada no final da tarde desta segunda-feira (19) pela CNN Brasil, aponta que Manuela D’Ávila (PCdoB) lidera a corrida para a Prefeitura de Porto Alegre com 24% das intenções de voto na pesquisa estimulada. 

Ela é seguida por três candidatos em situação de empate técnico: José Fortunati (PTB), com 12%, Sebastião Melo (MDB), com 11%, e Nelson Marchezan Júnior (PSDB), com 9%. 

Na sequência, aparecem ainda Juliana Brizola (PDT), 3%, Gustavo Paim (PP), 3%, Fernanda Melchionna (PSOL), 3%, Valter Nagelstein (PSD), 2%, Montserrat Martins (PV), 2%, e João Derly (Republicanos), 2%. Rodrigo Maroni (PROS), Luiz Delvair (PCO) e Julio Flores (PSTU) não pontuaram, enquanto 10% dos entrevistados disseram que irão votar em branco ou nulo e outros 19% ainda não decidiram.

Candidata do PCdoB em Porto Alegre (RS), também lidera a pesquisa espontânea, na qual o entrevistado não recebe a lista de candidatos, com 15%

Foto: Guilherme Santos/PSOL
Manuela subiu de 21% para 24% em comparação à pesquisa anterior da RealTime Big Data

Essa é a segunda pesquisa divulgada pelo Instituto RealTime Big Data neste período eleitoral. Na primeira delas, divulgada pela TV Record em 23 de setembro, Manuela tinha 21%, Fortunati tinha 11%, Marchezan tinha 10% e Melo tinha 10%.

Manuela também lidera a pesquisa espontânea, aquela em que o entrevistado não recebe a lista completa de candidatos, com 15%. Ela é seguida por Fortunati, Melo e Marchezan, todos com 7% na pesquisa espontânea. Os demais candidatos não passam de 1%. No levantamento anterior do mesmo instituto, Manuela tinha 8% das intenções de voto, Marchezan tinha 5% e Melo e Fortunati tinham 2%.

A pesquisa foi realizada por telefone, com 1050 pessoas, entre os dias 14 e 17 de outubro. A margem de erro é de três pontos percentuais e o intervalo de confiança é de 95%.

Confira os resultados completos.


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Veja também

 

   

Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Redação Sul 21

LEIA tAMBÉM

Gustavo Petro
Violação dos acordos de paz: entenda por que Petro vai denunciar a própria Colômbia na ONU
Haiti
Haiti: há pelo menos 20 anos comunidade internacional insiste no caminho errado. Qual o papel do Brasil?
Betty Mutesi
“Mulheres foram protagonistas na reconstrução da paz em Ruanda”, afirma ativista Betty Mutesi
Colombia-paz
Possível retomada de sequestros pelo ELN arrisca diálogos de paz na Colômbia