Pesquisar
Pesquisar

Em busca da terra sem veneno

Revista Diálogos do Sul

Tradução:

Não se impressionem pela simplicidade da produção do documentário “Em Busca da Terra Sem Veneno”, dirigido por Noilton Nunes.Trata-se de uma melhores referências brasileiras sobre reforma agrária.

João Baptista Pimentel Neto*

No vídeo, João Pedro Stédille, líder do MST, relata as reformas agrárias clássicas que aconteceram na Europa, EUA e Japão e os motivos pelos quais nunca aconteceram verdadeiramente no Brasil.

Fala também na concentração de poder de empresas de agronegócio, Basf, Monsanto, Syngenta‎, Grupo Globo e Grupo Estado (os mesmos da TV Globo e O Estado de São Paulo). E ainda aborda a consequência da concentração de terra para o trabalhador brasileiro e do uso indiscriminado dos agrotóxicos, que cada vez aumentam mais o número dos casos de câncer no país.

“Em Busca da Terra Sem Veneno”, segundo o diretor, é um documentário inspirado no povo Guarani que sempre teve a sabedoria de sair caminhando em busca da Terra Sem Males.

O documentário apresenta as lutas pela Reforma Agrária no Brasil e as tentativas de se evitar o envenenamento da humanidade pelos agrotóxicos, a partir da palestra de João Pedro Stédille, líder do MST – Movimento dos Sem Terra, durante a 37a. Jornada Internacional de Cinema da Bahia em 2010.

Assista e compartilhe:

 

Ficha Técnica:
Em Busca da Terra Sem Veneno

  • Filme / Documentário
  • Nome Original:  Em Busca da Terra Sem Veneno
  • Direção:  Noilton Nunes
  • País:  Brasil
  • Ano: 2011
  • Cor:  Colorido
  • Classificação:  Programa livre

As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Revista Diálogos do Sul

LEIA tAMBÉM

Gustavo Petro
Violação dos acordos de paz: entenda por que Petro vai denunciar a própria Colômbia na ONU
Haiti
Haiti: há pelo menos 20 anos comunidade internacional insiste no caminho errado. Qual o papel do Brasil?
Betty Mutesi
“Mulheres foram protagonistas na reconstrução da paz em Ruanda”, afirma ativista Betty Mutesi
Colombia-paz
Possível retomada de sequestros pelo ELN arrisca diálogos de paz na Colômbia