Pesquisar
Pesquisar

EUA reconhecem perda de superioridade para Rússia e China no espectro eletromagnético

O Congresso dos EUA, preparou relatório sobre as capacidades militares de Washington, Moscou e Pequim em operações de espectro eletromagnético
Redação Sputnik Brasil
Sputnik Brasil
Rio de Janeiro (RJ)

Tradução:

O Escritório de Contabilidade do Governo (GAO, na sigla em inglês) dos EUA reconheceu a perda da superioridade de seus militares na realização de operações no espectro eletromagnético, segundo informou o canal RT, citando fontes do relatório do escritório norte-americano.

“Não somos a única potência global que entende a importância da superioridade no espectro eletromagnético. As eventuais adversárias, inclusive Rússia e China, avançaram significativamente em aperfeiçoamento de suas capacidades nesta esfera”, afirmou o diretor das Capacidades e Gestão de Defesa do GAO dos EUA, Joseph Kirschbaum.

Apesar dos esforços, os EUA não podem mais ter certeza de sua superioridade no espectro eletromagnético, de acordo com Kirschbaum.

O Congresso dos EUA, preparou relatório sobre as capacidades militares de Washington, Moscou e Pequim em operações de espectro eletromagnético

Sputnik News
Os Estados Unidos acreditam que Moscou e Pequim são capazes de impactar o trabalho de sistemas de navegação e comunicação em navios

As forças russas, em se tratando do espectro eletromagnético, mostraram eficácia “no uso verdadeiro destes meios contra os EUA e outros país”, conforme o relatório. No entanto, não foi especificado de que casos se tratava.

“Os sistemas eletromagnéticos russos se diferem por sua alta mobilidade, o que dificulta a resistência a eles”, disse Kirschbaum.

Além disso, especialistas norte-americanos consideram que a operação militar na Síria deixou a Rússia obter experiência relevante e desenvolver o potencial na luta com os meios espaciais.

Os Estados Unidos acreditam que Moscou e Pequim são capazes de impactar o trabalho de sistemas de navegação e comunicação em navios que os norte-americanos usam para deslocar equipamento e pessoal, enquanto suas embarcações não possuem capacidades suficientes de defesa no espectro eletromagnético.

O Pentágono não conseguiu realizar completamente nem uma das estratégias anteriores no espectro eletromagnético, segundo relatório. Os analistas dos EUA consideram que a nova estratégia, adotada no ano passado, também não terá sucesso.

Redação Sputnik Brasil


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na Tv Diálogos do Sul

 

   

Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Redação Sputnik Brasil

LEIA tAMBÉM

2560px-Hotel_InterContinental_(Madrid)_01
Grupo que articula ataques a Obrador faz novo encontro da ultradireita global em Madri
netanyahu-genocidio-Palestina
Pogroms, censura, manipulação midiática: o que Ocidente esconde sobre o genocídio palestino
Wu Qian - China
Líder em Taiwan empurra compatriotas para situação perigosa de guerra, afirma China
Rússia-Defesa
Kremlin manda prender altos funcionários da Defesa por corrupção; entenda o caso