Pesquisar
Pesquisar

EUA treina e transporta terroristas do Daesh para atacar Exército sírio e proteger instalações petrolíferas

Autoridades da Síria têm denunciado reiteradamente o saque dos seus recursos naturais pelas forças de ocupação
Redação AbrilAbril
AbrilAbril
Lisboa

Tradução:

Mais de meia centena de terroristas do Daesh foram transferidos em dois helicópteros de transporte militar, escoltados por um Apache, para o campo petrolífero de al-Omar, localizado na província de Deir ez-Zor e controlado pelas tropas norte-americanas, segundo divulgaram a Ikhbariya TV e a agência SANA.

Os terroristas, precisam as fontes, foram retirados de prisões controladas pelas chamadas Forças Democráticas Sírias (FDS), aliadas de Washington, e depois treinados na base de al-Shaddadi, a sul da cidade de Hasaka.

De acordo com a agência SANA, a missão destes terroristas e mercenários centra-se na desestabilização das zonas controladas pelo governo de Damasco, atacando pontos do Exército sírio e populações civis, além de protegerem as instalações petrolíferas ocupadas por tropas norte-americanas.

Damasco tem acusado Washington de proteger os terroristas nas suas bases ilegais, onde os treina e arma para os utilizar no contexto dos seus planos de desestabilização.

Autoridades da Síria têm denunciado reiteradamente o saque dos seus recursos naturais pelas forças de ocupação

Sputnik News
Há muito que a Síria acusa as tropas norte-americanas de "cooperação" com os terroristas do Daesh.

Nova caravana com petróleo sírio roubado

Num momento em que a Síria se debate com escassez de derivados de petróleo, as tropas dos EUA continuam a saquear os recursos naturais do país árabe, levando-o da região de Al-Jazira, rica em petróleo e gás, para o Iraque.

Esta segunda-feira, noticiou a SANA, referindo fontes da localidade de al-Swaidah que solicitaram anonimato, 41 camiões-cisterna carregados com crude e vários camiões entraram em território iraquiano através da passagem fronteiriça ilegal de al-Walid.

O Pentágono alega que a permanência das tropas e do material militar dos EUA no Nordeste da Síria visa proteger os campos petrolíferos de ataques terroristas e impedi-los de cair em poder do Daesh.

No entanto, as autoridades sírias têm denunciado reiteradamente o saque dos seus recursos naturais pelas forças de ocupação, em conluio com as FDS, privando o país de fundos necessários à reconstrução.

De acordo com o governo sírio, mais de 90% do território onde se encontram os poços de petróleo do país está sob ocupação.


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na Tv Diálogos do Sul

 

   

Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Redação AbrilAbril

LEIA tAMBÉM

Prancheta 55
Reino Unido decide expulsar mais de 50 mil pessoas solicitantes de asilo para Ruanda
Palestina-EUA-Israel
EUA tentam se safar! Israel usa, sim, armas estadunidenses para matar palestinos em Gaza
Bandeira-Geórgia
Geórgia: lei sobre “agentes estrangeiros” aumenta tensão entre governo e oposição
Design sem nome - 1
Mortes, prisões e espionagem: jornalista palestina escancara ‘apartheid’ de Israel