Pesquisar
Pesquisar

Extraordinário em recursos, Peru vê riqueza evaporar sem servir ao próprio povo

Nação é única pela presença da Cordilheira dos Andes ao longo de todo o território nacional
Juan Verástegui Vásquez
Diálogos do Sul Global
Lima

Tradução:

Nosso Peru se encontra em primeiro lugar, na América Latina (A.L) e no mundo, na produção de  prata; em zinco, o primeiro lugar na A.L e segundo no mundo; estanho, o primeiro lugar na A.L e terceiro no mundo; chumbo, o primeiro lugar na A.L e quarto no mundo; ouro, o primeiro lugar na A.L. e sexto no mundo; mercúrio, o primeiro lugar na A.L. e terceiro no mundo; cobre, segundo lugar na A.L e segundo no mundo; molibdênio, no segundo lugar na A.L. e o quarto no mundo; cádmio, o segundo lugar na A.L e oitavo no mundo; ferro quinto lugar na A.L. e décimo sétimo no mundo; rocha fosfórica, segundo lugar na A.L. e décimo primeiro no mundo; diatomita, primeiro lugar na A.L. e quinto no mundo; anda lucida/cianita, primeiro lugar na A.L e quarto no mundo; selênio, primeiro lugar na A.L e décimo  no mundo. Também possuímos lítio.

Todas estas riquezas não nos pertencem e quase de nada nos servem. São grandes transnacionais mineiras os que levam o ouro, a prata, o cobre, o zinco, etc. totalmente grátis. Lhes regalamos! E pior ainda, deixam seus ativos contaminantes para nós limparmos. Ocasionam, igualmente, julgados, encarceramentos, feridos, mortos, e quando já não há mineral, fogem. Extraordinário desempenho do nosso país. E nossas crianças, cerca de 50%, são anêmicas!

Assista na TV Diálogos do Sul

O país possui um potencial extraordinário mineral e geológico. E é único pela presença da Cordilheira dos Andes ao longo de todo o território nacional. 

É um dos países de maiores RESERVAS metálicas na América Latina e no mundo. Somos mais ricos que as duas primeiras potências globais, EUA e China em reservas de minérios. Em ouro, temos o primeiro lugar em reservas na A.L e sexto no mundo com 79,5 milhões de onças (4.5% no nível mundial); temos mais da quarta parte, (27.8%) de reserva, do que tem a China; cobre, segundo na A.L. e segundo no mundo com 81 milhões de toneladas (11% no nível mundial), temos muito mais reservas que os EUA, superior em 131.4%  e superior, também, que a China em 189.3% mais (cerca do dobro); em reservas de prata, representa o primeiro lugar na A.L e o primeiro no mundo com 3,284 milhões de onças (19% no nível mundial); somos superiores às que possuem os EUA em 322% mais e superior que a China em 170.7% mais; em zinco, o primeiro na A.L e terceiro no mundo, com 20 milhões de toneladas (12.6% no nível mundial), nossas reservas são superiores às que têm os EUA, superior em 163.7%; chumbo, primeiro na A.L e quarto no mundo com 6,053 toneladas (6.9% no nível mundial); estanho, terceiro na A.L. e décimo primeiro no mundo com 105 toneladas (2% no nível mundial); molibdênio, primeiro na A.L. e terceiro no mundo com 2,185 toneladas (13% no nível mundial). Mas esta tremenda riqueza, as grandes transnacionais, levam grátis e nos vendem, depois, caríssimo em produtos manufaturados, enquanto no país não pagam nada. Dispõem de recursos hídricos com 77,600 m3/pessoa ao ano.

Nação é única pela presença da Cordilheira dos Andes ao longo de todo o território nacional

Flickr
Todas estas riquezas não nos pertencem e quase de nada nos servem



Megadiversidade

O Peru é, igualmente, um dos países megadiversos do mundo, possui 28 dos 32 tipos de clima do mundo (87.5% do total mundial); 84 das 117 zonas de vida do mundo (71.8% do total mundial); é o nono país do mundo em superfície de bosque; 25.000 espécies de flora (10% do total mundial); em aves ocupamos o segundo lugar em nível mundial, mais de 1.800 e muitas delas endêmicas; 7.500 espécies de mamíferos (46 endêmicos), terceiro no mundo; mais de 1.806 espécie de aves, segundo no mundo (109 endêmicos); 333 espécies de anfíbios, terceiro no mundo (89 endêmicos); mais de 500 espécies de mamíferos; 4.401 espécies de borboletas, primeiro no mundo (350 endêmico). 40% dos alimentos do mundo foram domesticados no Peru; é o maior centro genético do mundo; existem em nosso país 3.500 variedades de batata; 50 ecotipos (que não se produz em outro país) de milho; 4.400 plantas nativas utilizadas pela população (primeiro no mundo); 1.408 espécies de plantas medicinais, como Uña de Gato, Sangre de Grado, Hercampuri, llantén, manayupa, muña, verdolaga, etc.

Não esqueçamos que 25% das prescrições médicas têm sua origem em nossas plantas; nosso país tem 618 plantas para madeira e construção como Carvalho, Cedro, Ishpingo, Tornillo, etc, etc. (Rodrigo Blanca Quesada). Também se localiza em segundo posto global em variedade de aves (mais de 1.800 espécies, mamíferos (mais de 500 espécies. E tem o quinto posto em variedade de répteis (365 espécies) em escala global. Igualmente nossas plantações satisfazem os gostos mais exigentes do consumidor mundial e o fazem em distintas épocas do ano e também todos os nãos.

A respeito de nosso agro exportação, no ano de 2017, de acordo com o Banco Central de Reserva do Peru, foram exportados 6.803 milhões de soles, enquanto no ano 2018 incrementou-se a 20.084 milhões, havendo um crescimento de 19,5%; no ano de 2019 aumentou a 20.985 milhões de soles, notando-se um crescimento de 4,5%. Como vemos as agroexportações se incrementa ano após ano.

Nossa natureza é demasiado benigna conosco. Em seguida, detalhamos durante quantos meses do ano é nossa oferta exportável (Universidade Católica do Peru).

1.-Aspargo, com uma oferta exportável de todo o ano (12 meses) e se exporta a 49 mercados em todo o mundo.

2.- Páprica se exporta a 29 mercados, com uma oferta exportável durante os doze meses do ano

3.- Alcachofra se exporta a 25 mercados do mundo, igualmente, durante todo o ano

4.- Pimenta biquinho a 24 mercados, durante os doze meses do ano.

5.- Pimenta jalapenha, todo o ano

6.- Palmito, todo o ano.

7.- Azeite de oliva, todo o ano.

8.- Cacau, todo o ano.

9.- Banana, todo o ano

10.- Feijão preto, todo o ano.

11.- Milho amarelo duro e branco gigante pode-se produzir durante todo o ano

12.- Feijão canário, feijão de pau e favas, todo o ano

13.- Feijão verde a 45 mercados em todo o mundo, com oferta exportável durante todo o ano

14 .-Favas, durante 12 meses de oferta exportável

15.- Mandarina 8 meses do ano de oferta exportável

16.- Laranja 6 meses do ano

17.- Abacate, 5 meses do ano, embora se possa produzir todo o ano

18.- Azeitona 6 meses do ano

19.- Manga 4 meses e se exporta a 46 mercados do mundo

20.- Uva, em um estado da Universidade Católica do Peru – Escola de Pós graduação determinar manter uma oferta exportável durante todo o ano, especialmente no norte de Piura

21.- Frutas vermelhas, o terceiro maior exportador no nível mundial, com 28 mil toneladas; condições climáticas permitem produzir durante todo o ano

22.- Quinoa, somos o primeiro exportador mundial

23.- Aspargos, café, cacau e banana orgânica, ocupamos o primeiro lugar no mundo e cobrimos a demanda mundial de aspargos com 7,66%

24.- Castanha do Pará, frutas vermelhas frescas, ocupamos em invejável segundo lugar em exportação mundial.

25.- Abacate, Azeitona, Feijões e Alcachofra em conserva, ocupamos um privilegiado terceiro lugar no mundo de exportação. Em abacate, cobrimos a demanda mundial 8,23%, com um crescimento entre 2014 e 2018 de 72% em abacate orgânico de exportação

26.- Palmitos em conserva somos o quarto exportador mundial

27.- Manga, o quinto exportador mundial e cobrimos a demanda mundial 6,09%. Entre 2014-2018 tivemos um crescimento de 11% de exportação

28.- Café, oitavo exportador mundial

29.- Cacau, o décimo exportador mundial

30.- Cebola, mandarina, ocupamos o décimo primeiro lugar de exportação no mundo e cobrimos com 6,42% do mercado global.

O país é um dos três exportadores mundiais em oito produtos: uvas, abacates, alcachofras, mandarinas, mangas etc. Mas dependemos do exterior de alimentos básicos, como o pão, macarrão, biscoitos, azeites, etc.

Pesca

Fomos potência mundial EM PESCA e na atualidade ocupamos o quarto lugar no nível mundial e em anchoveta (farinha de pescado), o primeiro lugar. Em frota pesqueira mundial (barcos) o Peru tem um privilegiado segundo lugar só depois da China, que ocupa o primeiro lugar. Nosso litoral é considerado um dos mais ricos do mundo, contando 3.080 km ao largo de todo o litoral do Peru. Nosso mar é um dos mais diversos do mundo.

De acordo com um estado da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), o Peru aporta cerca de 4,5% da produção pesqueira no nível mundial, o que coloca o país como quarto principal produtor de pesca de captura marítima no nível global, somente abaixo da China, Indonésia e Estados Unidos.

Nosso país ocupa o primeiro lugar no mundo em variedade de espécies de pescado com cerca de 2.000 que habitam em água marinhas e continentais (rios, lagos, lagoas, represas) No entanto, mais de 12% de nossas crianças arrastam o flagelo da “Desnutrição Crônica”.

Econ. Juan Verástegui Vásquez | Colaborador da Diálogos do Sul em Lima, Paru.
Tradução: Ana Corbisier.


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na TV Diálogos do Sul


Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.

Juan Verástegui Vásquez

LEIA tAMBÉM

Porto-Principe-Haiti
Haiti: sem perspectiva de melhora em 2024, crise econômica bloqueia redução da pobreza
Greg-Casar
Greg Casar: deputado dos EUA quer proteção a indocumentados e fim do imperialismo
Chiquita-Brands
Condenada nos EUA, multinacional Chiquita bancou paramilitares autores de massacres na Colômbia
Palestina-mulheres
Carta de mulheres brasileiras pelo fim do genocídio em Gaza ganha repercussão internacional