Pesquisar
Pesquisar
Foto: UNRWA / X

Faculdade da USP em Ribeirão Preto (SP) divulga carta de repúdio ao genocídio em Gaza

Moção da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras destaca compromisso ético da unidade e convida demais setores da USP a se posicionarem
George Ricardo Guariento
Diálogos do Sul Global
Taboão da Serra

Tradução:

A Congregação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP), se reuniu em 11 de abril de 2024 e emitiu uma moção em repúdio ao atual massacre em curso na Faixa de Gaza.

A declaração pública, aprovada em 18 de abril, surge em solidariedade com outros grupos e unidades da Universidade de São Paulo (USP) e visa denunciar as violações dos direitos humanos em curso contra os palestinos.

O texto da moção expressa o mais firme repúdio à perda de vidas civis palestinas e com igual compromisso condena as mortes de civis israelenses no ataque perpetrado pelo Hamas em 7 de outubro de 2023.

A FFCLRP afirma que é uma obrigação ética e moral, alinhada com a tradição humanista da instituição, exigir o imediato e definitivo cessar-fogo, além da implementação urgente de medidas efetivas para garantir a segurança do povo palestino.

A omissão diante deste cenário seria uma falha grave com relação à história e aos valores humanitários que regem a comunidade acadêmica. Portanto, a FFCLRP conclama por uma ação imediata para pôr fim ao genocídio em Gaza e convoca todos os setores da universidade a se unirem nessa causa.

A moção reflete ainda o compromisso da FFCLRP com a paz, a justiça e o respeito aos direitos humanos em todas as partes do mundo.

Leia a declaração completa:

Edição: Guilherme Ribeiro


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.

George Ricardo Guariento Graduado em jornalismo com especialização em locução radiofônica e experiência na gestão de redes sociais para a revista Diálogos do Sul. Apresentador do Podcast Conexão Geek, apaixonado por contar histórias e conectar com o público através do mundo da cultura pop e tecnologia.

LEIA tAMBÉM

fome-onu-Somalia
“Tormenta”: fome atinge 18 localidades do mundo e exige ação urgente, alerta ONU
frei-betto-ressocializacao
Frei Betto | Sim, é possível ressocializar presos comuns
Chiquita-Brands
Condenada nos EUA, multinacional Chiquita bancou paramilitares autores de massacres na Colômbia
Nayib Bukele
Projeto repressivo de Bukele ignora raízes da criminalidade e gera ilusão de segurança