Pesquisar
Pesquisar

Feliz Juca de novo

Revista Diálogos do Sul

Tradução:

João Baptista Pimentel Neto*

João Baptista Pimentel NetoFoi uma das poucas boas notícias deste final de ano: Juca Ferreira volta para o MinC – Ministério da Cultura.

Juca ocupava atualmente a secretaria municipal de Cultura da Prefeitura de São Paulo. A decisão contou com o apoio do ex-presidente Lula e, com certeza, pesou também na escolha o bom diálogo que Juca sempre cultivou e manteve com entidades, artistas, intelectuais, ativistas culturais, enfim, com os setores e atividades que compõem o fantástico e diverso mundo da cultura.

Foto Calebe Pimentel
Foto Calebe Pimentel

Sua posse gera a expectativa de que sua volta ao Ministério devolva à Cultura a devida importância no projeto de desenvolvimento justo e sustentável da Nação iniciado pelo ex-Presidente Luís Ignácio da Silva.

No cenário atual e, com os nomes anunciados para compor a equipe que iniciará o segundo mandato da Presidenta Dilma, Juca foi um dos poucos nomes a ser bem recebido por gregos e troianos. Com exceção de uma inexplicável e estapafúrdia reação da ex-Ministra, Senadora Marta Suplicy. Que aliás, até onde se sabia, sempre fora amiga e companheira de Juca. Sinceramente, as críticas da Senadora à escolha soaram como mais um dos vários “pontos fora da curva” que ficaram marcados na trajetória política de Marta.

Já Juca. terá agora a oportunidade de retomar o processo iniciado pelo ex-Ministro Gilberto Gil – quando ocupava a secretária executiva da pasta. Oportunidade que, infelizmente, lhe foi negada há quatro anos atrás, por Dilma.

Saiba Juca, que na Cultura, todos temos esperança de que com sua habilidade baiana, mansidão e argumentos fundamentados, convença a Presidenta que o fortalecimento da Cultura é estratégica para qualquer país que sonhe ser uma grande Nação.

Ou como ontem resumiu Calebe – filho e também militante da Cultura:

Feliz Juca de Novo!
Para todos nós!

Ao que retruquei:

Tomara!
Tomara que Juca faça Dilma entender que Cultura é a Mãe!

Porque daí sim será mesmo um bom 2015 para todos nós!

Ao amigo e companheiro de tantas batalhas, nós da Revista Diálogos do Sul lhe mandamos um abraço fraterno e, mais uma vez, boa sorte!

 

* João Baptista Pimentel Neto é jornalista, produtor, gestor e ativista cultural. É editor da Revista Diálogos do Sul


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Revista Diálogos do Sul

LEIA tAMBÉM

Lula
Frei Betto | Para Lula, momento exige maior sintonia entre governo e movimentos sociais
Lula-RS-Brasil (2)
Nas mãos de Lula, caos no RS é sequela do bolsonarismo: desmonte ambiental e fake news
mães - palestina
Dia das Mães: algumas mães só querem a paz de presente, lembra ato pró-Palestina em Brasília
RS - inundações
Chamado à solidariedade internacionalista: inundação no RS demanda mobilização