Pesquisar
Pesquisar

Filme venezuelano que luta por indicação ao Oscar de cinema estrangeiro coleciona prêmios ao redor do mundo

A indicação para os Oscar de 2022 do filme Un destello interior (Um brilho interior) enche hoje seus diretores e atores com a esperança de que ele seja indicado na categoria de melhor filme estrangeiro
Redação Prensa Latina
Prensa Latina
Caracas

Tradução:

A indicação para os Oscar de 2022 do filme Un destello interior (Um brilho interior) enche hoje seus diretores e atores com a esperança de que ele seja indicado na categoria de melhor filme estrangeiro.

O filme multi-premiado, realizado inteiramente pela Venezuela sem coprodução, compete com filmes como o Titane francês de Julia Ducournau, Palma de Ouro em Cannes em 17 de julho; no entanto, os venezuelanos esperam que seja escolhido pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood em 8 de fevereiro de 2022.

Alfredo Caldera, diretor executivo da Amazonia Films, salientou que esta seleção é muito importante: “o fato de que um filme da Villa del Cine com este estilo, com esta forma e esta profundidade cinematográfica seja indicado já é um ganho”. Para os irmãos Luis e Andrés Rodríguez, diretores do filme, não será fácil, mas eles também não veem a possibilidade de serem indicados impossível.

A indicação para os Oscar de 2022 do filme Un destello interior (Um brilho interior) enche hoje seus diretores e atores com a esperança de que ele seja indicado na categoria de melhor filme estrangeiro

Reprodução IMDB
A indicação para os Oscar de 2022 do filme Un destello interior enche os diretores de orgulho e esperança.

O enredo retrata a angústia de uma mãe pobre ao saber que ela tem um tumor cerebral maligno, pois não quer deixar sua filha Sara de seis anos sem supervisão, e será liberada no circuito nacional após o anúncio das indicações em fevereiro do próximo ano.

Entretanto, ganhou vários prêmios, incluindo 11 estatuetas no Festival de Cinema Venezuelano 2021 (incluindo melhor longa-metragem, direção, roteiro e atriz principal); melhor filme no Festival Internacional de Cinema de Kimolos na Grécia; e melhor filme e direção no Festival de Cinema de Bogotá.

Veja também
Rússia reafirma “incondicional” apoio ao governo de Nicolás Maduro e à soberania da Venezuela

Recentemente ganhou a distinção de Outstanding Film pelo Júri no Festival Internacional de Cinema de Minsk – Listapad, em Belarus, uma menção especial que só foi concedida a três filmes no festival: um filme juvenil, um documentário e Un destello interior como um longa-metragem.

Este mês ele também participará de um festival na Índia e continuará sua turnê em outros eventos cinematográficos ao redor do mundo, disseram os cineastas.


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na Tv Diálogos do Sul

   

Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Redação Prensa Latina

LEIA tAMBÉM

vintage-historic-photos-of-the-battle-of-berlin-1945-bw-10
A batalha de Berlim e a rendição nazista: entrevista com um combatente
Paris
Da Porte de la Villette à Bastille: uma jornada pela cultura e modernidade de Paris
Questão-racial-Brasil (1)
Lima Barreto, 13 de maio e a questão racial no Brasil
ASTROJILDOPEREIRA-MGLIMA-2023-OK
O marxismo de Astrojildo Pereira, fundador do Partido Comunista do Brasil (PCB)