Pesquisar
Pesquisar

Globo, Tio Sam, "Barraco" Obama e o Nobel

João Baptista Pimentel Neto

Tradução:

Noilton Nunes*

Chicotadas-na-Mídia3-400x4001O jornal O Globo deu ontem mais uma grandiosa demonstração de que continua sendo o mais fiel dos serviçais aos interesses ianques no Brasil.

A capa de sua edição de 25 de setembro, com uma imensa foto do presidente Obama, tendo a bandeira de seu país ao fundo, pedindo na ONU apoio para continuação de sua estratégia bélica. Além de desmoralisar o Prêmio Nobel da Paz, que ele ganhou inexplicavelmente, deixa muito claro que ainda existe muita gente boba que acredita no famoso “o que é bom para os states é ótimo para o Brasil”.

Parabéns para a Presidenta Dilma, que disse lá na mesma cerimônia, que o Brasil não apoia guerras e que a humanidade tem condições de chegar à PAZ através do diálogo. O caminho é longo pois a indústria bélica se transformou, com o incentivo da indústria cinematográfica, na mais poderosa máquina de destruição dos seres humanos. Ë preciso muita determinação para mudarmos imediatamente a mentalidade violenta que se apossa dos mais importantes representantes dos países de nosso planeta.

Postado por Noilton Nunes


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
João Baptista Pimentel Neto Jornalista e editor da Diálogos Do Sul.

LEIA tAMBÉM

Cuba
EUA tiram Cuba de lista sobre terrorismo: decisão é positiva, mas não anula sanções
ONU
Palestina como membro pleno da ONU: entenda os reflexos da resolução aprovada
Crise-drogas-EUA
EUA culpam cartéis do México por crise de drogas entre estadunidenses
Cartão Vermelho para Donald Trump...