Pesquisar
Pesquisar

Hugo Chávez peruano? Roda Mundo discute qual será o futuro do Peru com Pedro Castillo na presidência

As jornalistas Fernanda Forgerini e Vanessa Martina Silva e a analista internacional Ana Prestes falam sobre as expectativas e dificuldades que o novo mandatário deverá enfrentar na presidência
Mariane Barbosa
Diálogos do Sul
São Paulo (SP)

Tradução:

Após uma longa e  infundada campanha da extrema-direita liderada por Keiko Fujimori, Pedro Castillo finalmente tomou posse da presidência peruana no último dia 28 de julho, evidenciando sua posição contra o modelo neoliberal presente no país.

A jornalista Fernanda Forgerini, a editora da Revista Diálogos do Sul, Vanessa Martina Silva, e a analista internacional Ana Prestes abordaram, no programa Roda Mundo desta semana, as expectativas para o governo de Castillo e as dificuldades que o novo presidente enfrentará após uma eleição tão conturbada por seus adversários políticos.

As jornalistas Fernanda Forgerini e Vanessa Martina Silva e a analista internacional Ana Prestes falam sobre as expectativas e dificuldades que o novo mandatário deverá enfrentar na presidência

Presidência do Peru
Pedro Castillo finalmente tomou posse da presidência peruana no último dia 28 de julho

Para Vanessa Martina, podemos esperar um governo soberano, próximo ao Chavismo na Venezuela, que lutará por avanços nos direitos econômicos da classe trabalhista do Peru.

Martina cita como exemplo a proposta de estatizar as matérias-primas que o Peru exporta hoje. Para ela, “nacionalizar estes recursos minerais pode permitir ao país fazer políticas públicas”, explica.

Além da preocupação com a força política do Peru Livre, partido de Pedro Castillo, que não possui maioria no Parlamento (o que dificultará a negociação contra interesses poderosos, empresariais, oligárquicos e militares que o novo presidente enfrentará), as graves interferências de Keiko Fujimori e Vladimiro Montesinos no processo eleitoral também estiveram presentes na conversa.

Confira o bate-papo na íntegra para entender o futuro do Peru:

As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na Tv Diálogos do Sul

   

Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Mariane Barbosa

LEIA tAMBÉM

Javier_Milei
Milei bloqueia 5 mil ton de comida, deixa mais pobres com fome e inflama revolta na Argentina
Héctor Llaitul
Sem provas, justiça do Chile condenou líder mapuche Héctor Llaitul em prol de madeireiras
protestos-peru
Cleptocracia, ignarocracia, bufocracia: o declínio do substantivo "democracia" no Peru
Bolivia-guerra-hibrida-eua (1)
Guerra híbrida na Bolívia entra em nova fase e EUA querem "mudança de regime" até 2025