Pesquisar
Pesquisar

Igreja Universal é processada por Band devido a calote de R$ 10 milhões; entenda

Defesa do “bispo” Edir Macedo, chefão da Iurd, alega que um dos motivos foi a covid-19, que teria reduzido a arrecadação da igreja nos últimos dois anos
Altamiro Borges
Blog do Miro
São Paulo (SP)

Tradução:

As emissoras de tevê estão em guerra – e não apenas em função das linhas editoriais distintas adotadas diante do desgoverno do fascista Jair Bolsonaro. Há também razões mais concretas.

O site “Notícias da TV” informa que a Rede Bandeirantes está processando a Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), dona da Record, acusando-a de ter dado um calote de mais de R$ 10 milhões.

Assista na TV Diálogos do Sul

O grupo de Johnny Saad cobra R$ 10,7 milhões referentes a parcelas atrasadas do aluguel de 22 horas da Rede-21, canal UHF com presença na Grande São Paulo.

A Iurd, por sua vez, diz que processou a emissora do Morumbi primeiro pelo não cumprimento de cláusulas contratuais”, relata o site especializado em mídia. Band e Iurd são parceiras na cessão da Rede-21 desde 2013.

O processo transita na 21ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo. “Nos autos, aos quais o Notícias da TV teve acesso com exclusividade, a defesa da Band alega que não foram honrados os pagamentos dos meses de dezembro de 2021 e janeiro deste ano. O valor pago mensalmente pela Igreja para ocupar o espaço seria de R$ 5 milhões, segundo a Band diz nos autos”.

Defesa do “bispo” Edir Macedo, chefão da Iurd, alega que um dos motivos foi a covid-19, que teria reduzido a arrecadação da igreja nos últimos dois anos

Vitor Mazuco – Wikimedia Commons

Defesa do “bispo” Edir Macedo, chefão da Iurd, botou uma das culpas pela dívida na covid-19, que teria reduzido a arrecadação da igreja




Defesa de Edir Macedo bota a culpa na Covid-19

A emissora da Johnny Saad pediu a execução imediata das cartas promissórias vencidas nos dois meses através de uma liminar de urgência em fevereiro. Na primeira instância, a Justiça concordou com a solicitação e determinou o bloqueio. “A Iurd, porém, entrou com uma ação revisional para recontar o dinheiro devido para a empresa. A defesa da associação neopentecostal reconhece que deve, mas diz que o valor é menor do que o alegado”.

O que esperar de compra do Twitter por Elon Musk? Rede vai se tornar menos democrática?

A defesa do “bispo” Edir Macedo, chefão da Iurd, também botou a culpa pela dívida na Covid-19, que teria reduzido a arrecadação da igreja nos últimos dois anos e tornado inviável o compromisso anterior. “Existe um desequilíbrio econômico-financeiro do contrato, em virtude da crise econômica pela pandemia, bem como da ausência de investimentos na operacionalização da infraestrutura necessárias para a execução do contrato”, alegou a Universal.

As desculpas, porém, não convenceram o dono da Band, que segue com a ação na Justiça. Segundo o site, a motivação seria outra. “A coluna apurou com diversas fontes envolvidas no caso que a Band não tem mais interesse em continuar com a Igreja Universal do Reino de Deus como sua cliente na Rede-21, mas não pode rescindir o contrato enquanto não resolver a pendência. Existe o interesse de usar o sinal de outra maneira ou achar um novo locatário”.


Dízimos dos profissionais da Record na Iurd

Enquanto a pendenga jurídica não é resolvida, a Iurd segue arrecadando fortunas com seus “dízimos” – inclusive dos profissionais da emissora. O jornalista Daniel Castro registrou que “todos os apresentadores da Record em São Paulo foram convocados a participar de um culto no Templo de Salomão, a sede da Igreja Universal, no domingo (10/04)”.

“Todos eles, de Roberto Cabrini a Ticiane Pinheiro, foram ao culto, celebrado pelo bispo e apresentador Renato Cardoso, número dois da igreja, abaixo apenas do sogro, Edir Macedo… Apesar de a emissora ser dirigida por bispos da Universal, não é comum esse tipo de assédio aos funcionários mais graduados da casa. Foi a primeira vez, desde a inauguração do templo, em 2014, que os apresentadores foram convocados para ir à sede da igreja”.

“No culto, muitos ficaram impressionados com a força espiritual de Renato Cardoso e seu poder de envolver os fiéis, e com a fé dos frequentadores. Adriane Galisteu, que no ano passado foi contratada como apresentadora de Power Couple e A Fazenda, ficou tão tocada que até contribuiu com a oferta, entregando dinheiro em um envelope. Foi seguida por Thalita Oliveira, ex-Domingo Espetacular”.

Altamiro Borges é editor do Blog do Miro.



As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na TV Diálogos do Sul



Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:

  • PIX CNPJ: 58.726.829/0001-56 

  • Cartão de crédito no Catarse: acesse aqui
  • Boletoacesse aqui
  • Assinatura pelo Paypalacesse aqui
  • Transferência bancária
    Nova Sociedade
    Banco Itaú
    Agência – 0713
    Conta Corrente – 24192-5
    CNPJ: 58726829/0001-56

       Por favor, enviar o comprovante para o e-mail: assinaturas@websul.org.br 


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Altamiro Borges

LEIA tAMBÉM

Lula-RS-Brasil (2)
Nas mãos de Lula, caos no RS é sequela do bolsonarismo: desmonte ambiental e fake news
mães - palestina
Dia das Mães: algumas mães só querem a paz de presente, lembra ato pró-Palestina em Brasília
RS - inundações
Chamado à solidariedade internacionalista: inundação no RS demanda mobilização
Lula - 1 de maio
Cannabrava | Lula se perdeu nos atos de 1º de maio