Pesquisar
Pesquisar

Indígena e com deficiência, Davi Xavante, de 8 anos, é a primeira criança vacinada no Brasil

“Se tivéssemos começado a campanha quando a Anvisa liberou, já teríamos todas as crianças vacinadas", disse Doria, alfinetando Jair Bolsonaro
Da Redação (*)
Diálogos do Sul Global
São Paulo (SP)

Tradução:

Davi Seremramiwe Xavante, de 8 anos, se tornou, nesta sexta-feira (14), a primeira criança vacinada contra a Covid-19 no Brasil

Nascido no Mato Grosso, o garoto mora em Piracicaba, para onde se mudou para tratar uma doença motora rara no Instituto da Criança do Hospital das Clínicas.  

A imunização ocorreu por volta das 12h desta sexta-feira (14), no Hospital das Clínicas, em São Paulo, mesmo local onde, em janeiro do ano passado, teve início a vacinação no país com a imunização da enfermeira Mônica Calazans

O evento simbólico foi organizado pelo governo estadual comandado por João Doria (PSDB). Também foram vacinadas outras sete crianças com comorbidades, deficiências e quilombolas

“Se tivéssemos começado a campanha quando a Anvisa liberou, já teríamos todas as crianças vacinadas", disse Doria, alfinetando Jair Bolsonaro

Governo de São Paulo/Divulgação
Indígena da etnia Xavante, Davi, de 8 anos, foi a primeira criança vacinada no Brasil

Doria aproveitou a cerimônia para criticar Jair Bolsonaro, que atrasou o começo da vacinação no país: “Se tivéssemos começado a campanha quando a Anvisa liberou, já teríamos todas as crianças do Brasil vacinadas com ao menos uma dose. Isso é lamentável”.

Leia também
Nova vacina sem patente e sem fins lucrativos, Cobervax é esperança global contra a covid-19 

Cronograma

A vacinação de crianças no estado de São Paulo contra Covid, no entanto, começa somente na segunda-feira (17). Crianças de cinco a 11 anos poderão procurar os postos de saúde para receber a imunização. 

O governo orienta que os municípios deem prioridade para crianças com comorbidades, deficiências, indígenas e quilombolas. 

Nesta quinta-feira (13), o Brasil recebeu 1,2 milhão de doses da vacina pediátrica da Pfizer, que se mostrou segura e eficaz em vários países do mundo, onde é aplicada desde o fim do ano passado. Até o fim do mês, serão recebidas mais 4,3 milhões e até março, o Ministério da Saúde deve receber 20 milhões de doses. 

Rio de Janeiro, Goiânia e o Distrito Federal planejam começar a vacinação na segunda-feira (17). Porto Alegre prevê o início para quarta (19) e Manaus tem previsão de iniciar a imunização na segunda (25).

De acordo com a nota técnica divulgada pelo Ministério da Sa´úde, a ordem de imunização será a seguinte:

  • crianças de 5 a 11 anos com deficiência permanente ou com comorbidades;
  • crianças indígenas e quilombolas;
  • crianças que vivem na mesma residência de pessoas com alto risco de complicações da covid-19;
  • crianças sem comorbidades, em ordem decrescente de idade: primeiro, as de 10 e 11 anos; depois, as de 8 e 9 anos; em seguida, as de 6 e 7 anos; e, por último, as crianças de 5 anos.

* Com informações do Brasil 247, Folha de S. Paulo, Exame e Revista Veja


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na TV Diálogos do Sul

 

Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:

  • PIX CNPJ: 58.726.829/0001-56 

  • Cartão de crédito no Catarse: acesse aqui
  • Boletoacesse aqui
  • Assinatura pelo Paypalacesse aqui
  • Transferência bancária
    Nova Sociedade
    Banco Itaú
    Agência – 0713
    Conta Corrente – 24192-5
    CNPJ: 58726829/0001-56

       Por favor, enviar o comprovante para o e-mail: assinaturas@websul.org.br 


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Da Redação (*)

LEIA tAMBÉM

g20-guarani-ms-3
G20 e universidade do MS fecham parceria para produção de conteúdo jornalístico em guarani
MST-40 anos
Brasil possui 2ª maior concentração de terras do mundo, vergonha que MST combate há 40 anos
Lula
Frei Betto | Para Lula, momento exige maior sintonia entre governo e movimentos sociais
Lula-RS-Brasil (2)
Nas mãos de Lula, caos no RS é sequela do bolsonarismo: desmonte ambiental e fake news