Pesquisar
Pesquisar

Insegurança jurídica, perseguição e entrega da soberania: é preciso dizer "basta"!

Em reunião no STF, a deputada Luiza Erundina teve coragem de dizer abertamente a Dias Toffoli que situação é insustentável
Redação Diálogos do Sul
Diálogos do Sul
São Paulo (SP)

Tradução:

Em vídeo para a TV Diálogos do Sul, o editor Paulo Cannabrava anuncia que hoje a palavra de ordem é “basta!”. 

Em reunião no STF, a deputada Luiza Erundina teve coragem de dizer abertamente a Dias Toffoli que situação é insustentável

PT
Mais de 70 parlamentares de 12 partidos diferentes pediram a Toffoli respaldo para impedir a transferência de Lula

Cannabrava denuncia a ação movida contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a insegurança jurídica vivida no país, a entrega das nossas riquezas nacionais e as violações à Constituição Federal que estão ocorrendo no país.

Ele conta ter se inspirado na deputada federal Luiza Erundina (PSOL-SP) que, na última quarta-feira (7), disse abertamente ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, que é preciso dar um “basta” a essa situação.

Erundina participou do encontro em que mais de 70 parlamentares de 12 partidos diferentes pediram a Toffoli respaldo para impedir a transferência de Lula da carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, para um presídio comum em São Paulo.

Confira o vídeo completo em nosso canal do YouTube:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Redação Diálogos do Sul

LEIA tAMBÉM

Lula
Frei Betto | Para Lula, momento exige maior sintonia entre governo e movimentos sociais
Lula-RS-Brasil (2)
Nas mãos de Lula, caos no RS é sequela do bolsonarismo: desmonte ambiental e fake news
mães - palestina
Dia das Mães: algumas mães só querem a paz de presente, lembra ato pró-Palestina em Brasília
RS - inundações
Chamado à solidariedade internacionalista: inundação no RS demanda mobilização