Pesquisar
Pesquisar

Instituto Jango inaugura representação em São Paulo

João Baptista Pimentel Neto

Tradução:

Sindicalistas e lideranças com João Vicente, filho de Jango. Agência Sindical/Claudio Omena
Sindicalistas e lideranças com João Vicente, filho de Jango. Agência Sindical/Claudio Omena

Com a participação de sindicalistas e lideranças do movimento social, o Instituto João Goulart inaugurou a sua representação em São Paulo, nesta quarta-feira (20). João Vicente Goulart, filho de Jango, esteve presente no ato e destacou a importância da unidade paulista para a construção do Memorial Liberdade e Democracia João Goulart, em Brasília.

“É um momento de muita felicidade, pois estamos ampliando o apoio, principalmente no meio sindical, para a construção do memorial. É muito importante o resgate da história do Jango, da luta política e das reformas de base”, disse João Vicente, enfatizando que o Memorial será um espaço democrático e interativo que “vai fortalecer a participação da sociedade na construção do futuro do País”.

O Instituto iniciou uma campanha de arrecadação para a construção do memorial, que tem projeto de Oscar Niemeyer. Com base na Lei Rouanet, a arrecadação é aberta a todos os cidadãos, seja pessoa física ou jurídica, com contribuição a partir de R$ 10,00. 

Reforma de base

João Vicente, Pereira, o jornalista João Franzin e Milton Cavalo, do Centro de Memória Sindical João Vicente, Pereira, o jornalista João Franzin
e Milton Cavalo, do Centro de Memória Sindical

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região, José Pereira dos Santos, um dos parceiros da iniciativa, ressaltou a importância da participação do movimento sindical. “Temos que resgatar a história do Brasil e o movimento sindical não pode deixar de lado a origem do trabalhismo brasileiro. As reformas de base, propostas por Jango, não foram feitas e deixaram uma lacuna que precisa ser preenchida”, declarou Pereira.

As reformas de base, citada por Pereira, foi um programa lançado pelo governo de Jango, em 1962, chamado de Plano Trienal, que promovia uma série de medidas econômicas e sociais ampliando a ação do Estado na economia. A reforma incluía as reformas bancária, fiscal, urbana, eleitoral, agrária e educacional.

Estabelecia também o controle dos investimentos estrangeiros por meio da regulamentação das remessas de lucros para o exterior.

O escritório do Instituto João Goulart em São Paulo fica à rua Dr. Vila Nova, 327, 1º andar, conjunto 13, Vila Buarque.

Redação do Portal Vermelho, Dayane Santos
Com informações da Agência Sindical


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
João Baptista Pimentel Neto Jornalista e editor da Diálogos Do Sul.

LEIA tAMBÉM

Lula-RS-Brasil (2)
Nas mãos de Lula, caos no RS é sequela do bolsonarismo: desmonte ambiental e fake news
mães - palestina
Dia das Mães: algumas mães só querem a paz de presente, lembra ato pró-Palestina em Brasília
RS - inundações
Chamado à solidariedade internacionalista: inundação no RS demanda mobilização
Lula - 1 de maio
Cannabrava | Lula se perdeu nos atos de 1º de maio