Pesquisar
Pesquisar

Invasão do Capitólio: entenda como evento abalou democracia dos EUA diante do mundo

Ato é investigado e serve de alerta para Brasil, que em 2022 passa por eleições presidenciais e deve enfrentar ataques de Bolsonaro ao processo eleitoral
Guilherme Ribeiro
Diálogos do Sul
Barretos

Tradução:

Nesta quinta-feira (5), completa um ano desde que apoiadores de Donald Trump, então presidente dos Estados Unidos, invadiram o Capitólio, em Washington DC. 

O ato buscava impedir a certificação dos votos da eleição presidencial, uma formalidade estadunidense que confirmaria a vitória de Joe Biden. 

Momentos antes daquilo que se tornou um grande confronto entre civis e policiais dentro e fora do Congresso dos Estados Unidos, Trump discursou a milhares de seguidores alegando fraude no processo eleitoral e que não aceitaria a derrota.

Autoridades ainda investigam a invasão e buscam apontar os responsáveis, as motivações e os financiadores.

Além de Donald Trump, que incitou a rebeldia dos seus apoiadores e nada fez para tentar freá-los, são também investigados nomes como Steve Bannon e Mark Meadows, respectivamente ex-estrategista e ex-chefe de Gabinete de Trump.

 

Ato é investigado e serve de alerta para Brasil, que em 2022 passa por eleições presidenciais e deve enfrentar ataques de Bolsonaro ao processo eleitoral

Diálogos do Sul
Jacob Chansley, Donald Trump, Joe Biden, invasão do Capitólio

A invasão do Capitólio deixou cinco mortos e dezenas de feridos e entrou para a história dos EUA por mostrar a fragilidade da democracia americana, autoproclamada e vista por muitas como indestrutível. Relembre no nosso fio estas e outras informações sobre o episódio:


Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:

PIX CNPJ: 58.726.829/0001-56 

  • Cartão de crédito no Catarse: acesse aqui
  • Boletoacesse aqui
  • Assinatura pelo Paypalacesse aqui
  • Transferência bancária
    Nova Sociedade
    Banco Itaú
    Agência – 0713
    Conta Corrente – 24192-5
    CNPJ: 58726829/0001-56

       Por favor, enviar o comprovante para o e-mail: assinaturas@websul.org.br 


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Guilherme Ribeiro Jornalista graduado pela Unesp, estudante de Banco de Dados pela Fatec e colaborador na Revista Diálogos do Sul.

LEIA tAMBÉM

Wu Qian - China
Líder em Taiwan empurra compatriotas para situação perigosa de guerra, afirma China
Rússia-Defesa
Kremlin manda prender altos funcionários da Defesa por corrupção; entenda o caso
Rafah-ataque-Israel
Fepal: Como Alemanha nazista, Israel deve ser parado pela força das armas
Netanyahu
Pouco há para comemorar na decisão da Corte Penal Internacional contra Netanyahu