Pesquisar
Pesquisar

Kayara: aventura de jovem inca mostra empoderamento das mulheres no antigo império

Filme traz belas paisagens do Peru e, principalmente, a mensagem de que as mulheres, de fato, sempre compartilharam papéis com os homens, principalmente durante o império Inca
LatinidaDj
Diálogos do Sul
Jundiaí

Tradução:

Kayara é uma jovem indígena que nos mostrará o empoderamento das mulheres nos tempos incas. Ela lutará para se tornar uma chasqui.

No Império Inca, os chasquis eram ágeis e habilidosos corredores que se revezavam, de um posto ao outro, na missão de entregar as mensagens oficiais de governo ou objetos.

Com o crescimento de seu território, os Incas haviam construído estradas visando uma maior integração entre as regiões do império. 

Os chasquis formavam um eficiente sistema de correio na época. O trabalho, historicamente, foi realizado por homens.

Esta história inovadora será conhecida em 2022, quando este filme peruano será lançado em 3D.

O longa-metragem de animação está em fase de pré-produção e é produzido no Peru pela Tunche Filmes, sob a direção de César Zelada.

Filme traz belas paisagens do Peru e, principalmente, a mensagem de que as mulheres, de fato, sempre compartilharam papéis com os homens, principalmente durante o império Inca

Divulgação
Kayara é uma jovem indígena que nos mostrará o empoderamento das mulheres nos tempos incas.

A história é ambientada em diferentes áreas de Tahuantinsuyo (Tawantinsuyu em quechua), especialmente em Machupicchu.

Tahuantinsuyo foi um Estado criado pela civilização inca como resultado de uma sucessão de civilizações andinas e que se tornou o maior império da América pré-colombiana

O trailer mostra como Kayara começa a corrida em direção à cidadela Inca após receber um quipu (ferramenta de comunicação).

Também é possível ver a jovem tocando um pututu (instrumento de sopro feito com uma concha) e sua companheira, uma cobaia cambaleante que anda nos ombros e na cabeça do protagonista do filme.

Kayara não é a primeira obra em 3D da Tunche Filmes. Eles fizeram Ainbo, um filme inspirado nos mitos amazônicos, que será lançado em quase todo o mundo em abril de 2024.

A empresa foi adquirida pelo grupo audiovisual americano Cinema Management Group (CMG), que fez o mesmo com a nova fita que será distribuída em diversos países da América Latina.

Sem dúvida, dois bons filmes para desfrutar com a família, nos quais se destacam as belas paisagens do Peru e, principalmente, a mensagem de que as mulheres, de fato, sempre puderam compartilhar papéis com os homens, principalmente durante o império Inca.

Assista ao trailer:

Com informações do site Y tu que planes


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Veja também

   

Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
LatinidaDj

LEIA tAMBÉM

vintage-historic-photos-of-the-battle-of-berlin-1945-bw-10
A batalha de Berlim e a rendição nazista: entrevista com um combatente
Paris
Da Porte de la Villette à Bastille: uma jornada pela cultura e modernidade de Paris
Questão-racial-Brasil (1)
Lima Barreto, 13 de maio e a questão racial no Brasil
ASTROJILDOPEREIRA-MGLIMA-2023-OK
O marxismo de Astrojildo Pereira, fundador do Partido Comunista do Brasil (PCB)