Pesquisar
Pesquisar

Lançamento da biografia de Raphael Martinelli

Revista Diálogos do Sul

Tradução:

RaphaelMartinelli-Estacoes-de-FerroO Sábado Resistente de 8 de novembro homenageará a Raphael Martinelli com o lançamento de sua biografia Estações de Ferro – Raphael Martinelli, um militante muito ativo que tomou parte de grandes acontecimentos da história recente de nosso país.

Filho de imigrantes italianos, Martinelli começou sua carreira de militância como líder sindical ferroviário, passando pelo CGT -Comando Geral dos Trabalhadores e pelo “Partidão” – Partido Comunista Brasileiro, antes de participar da fundação da ALN – Ação Libertadora Nacional.

No livro, escrito pelo jornalista Roberto Gicello Bastos, estão relatados estes e outros episódios da vida de Raphael Martinelli . A biografia que levou quase quatro anos de pesquisas e dezenas de horas de entrevistas para ser concluída.

A participação nesta atividade é livre e gratuita, estando sujeita à lotação do Auditório Vitae (160 lugares). Não é necessário fazer inscrição prévia. Para receber declaração de participação, o público deve assinar a lista de presença no dia do evento e enviar posteriormente uma mensagem com a solicitação para o e-mail

faleconosco@memorialdaresistenciasp.org.br.

Os Sábados Resistentes, promovidos pelo Memorial da Resistência de São Paulo, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, e pelo Núcleo de Preservação da Memória Política, são um espaço de discussão entre militantes das causas libertárias de ontem e de hoje, pesquisadores, estudantes e todos os interessados no debate sobre as lutas contra a repressão, em especial à resistência ao regime civil-militar implantado com o golpe de Estado de 1964.

Os Sábados Resistentes têm como objetivo maior o aprofundamento dos conceitos de Liberdade, Igualdade e Democracia, fundamentais ao Ser Humano.

Serviço
Sábados Resistentes
Lançamento da biografia de Raphael Martinelli
Dia 8 de novembro

Memorial da Resistência de São Paulo
Largo Gal. Osório 66, Luz
São Paulo – São Paulo

 Maiores Informações: www.memorialdaresistenciasp.org.br


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Revista Diálogos do Sul

LEIA tAMBÉM

Gustavo Petro
Violação dos acordos de paz: entenda por que Petro vai denunciar a própria Colômbia na ONU
Haiti
Haiti: há pelo menos 20 anos comunidade internacional insiste no caminho errado. Qual o papel do Brasil?
Betty Mutesi
“Mulheres foram protagonistas na reconstrução da paz em Ruanda”, afirma ativista Betty Mutesi
Colombia-paz
Possível retomada de sequestros pelo ELN arrisca diálogos de paz na Colômbia