Pesquisar
Pesquisar

Líbano: uma em cada quatro crianças não tem escola e corre o risco de perder o ano letivo

Cenário de redução das matrículas e de alta na taxa de evasão se explica por pandemia e explosão ocorrida em agosto em Beirute
Redação Prensa Latina
Prensa Latina
Líbano

Tradução:

Uma de cada quatro crianças do Líbano não tem escola e corre o risco de perder o ano letivo, alertou o grupo de ajuda do Comitê Internacional de Resgate.

A explosão de 4 de agosto no porto da capital danificou pouco mais de 160 centros educacionais que ainda não conseguiram se preparar para o início do ano letivo, registra uma comunicação desse grupo.

O relatório da organização considerou apenas o impacto da detonação e evitou a situação criada pela pandemia de Covid-19.

Cenário de redução das matrículas e de alta na taxa de evasão se explica por pandemia e explosão ocorrida em agosto em Beirute

Nações Unidas
As crianças correm o risco de perder o ano letivo

De acordo com as investigações do Exército, a explosão destruiu parcial ou totalmente as escolas de cerca de 85 000 estudantes e que a recuperação demorará pelo menos um ano.

Há previsões da redução do número de crianças matriculadas nas escolas e de uma alta taxa de evasão conforme o ano avança, de acordo com o diretor interino do Comitê Internacional de Resgate, Mohammad Nasser.

As escolas que não foram afetadas pela explosão também ainda não reabriram suas portas devido ao aumento de casos positivos para o novo coronavírus com uma média de mais de mil nos últimos dias e um acumulado de mais de 36 mil casos e 340 mortes desde 21 de fevereiro.

Redação Prensa Latina

Prensa Latina, especial para Diálogos do Sul — Direitos reservados.

Tradução: Beatriz Cannabrava


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Veja também

 

   

Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Redação Prensa Latina

LEIA tAMBÉM

Trump
À frente em 5 estados-chave, Trump tira de Biden eleitores historicamente democratas
Carles Puigdemont (1)
Sugestão de Puigdemont após eleição na Catalunha cria tensão com governo Sánchez; entenda
Andrei Belousov - Rússia (1)
Rússia: bem-sucedida no front, estratégia militar vai se manter com novo ministro da Defesa
imigrantes-eua
Para agradar republicanos e democratas, Biden aprova medida que facilita expulsão de imigrantes