Pesquisar
Pesquisar

Mais Médicos será retomado imediatamente, diz novo responsável pela pasta

"Até hoje, grande parte das vagas dos médicos cubanos que deixaram o Brasil por uma crise diplomática não foram preenchidas", afirma Nésio Fernandes
Redação Brasil 247
Brasil 247
São Paulo (SP)

Tradução:

O novo secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde, Nésio Fernandes, disse que Mais Médicos será retomado imediatamente. De acordo com o dirigente, as vagas pelas quais brasileiros não se interessarem deverão ser oferecidas para profissionais estrangeiros. O secretário disse que o programa criado pelo governo Jair Bolsonaro (PL), o Médicos pelo Brasil, colocou profissionais nos lugares em que o Mais Médicos colocava.

Ele afirma que mais de 300 cidades não têm médicos há mais de um ano e mais de 800 não conseguem fixar profissionais por mais de uma semana. As declarações do secretário foram publicadas pela coluna Painel.

“Existe um vazio assistencial e será superado”, afirmou. “Até hoje, grande parte das vagas dos médicos cubanos que deixaram o Brasil por uma crise diplomática não foram preenchidas”, continuou. 

“A agenda de retomar o Mais Médicos é imediata. Queremos colocar médicos em todos os municípios brasileiros em um curto período de tempo”, acrescentou.

Redação | Brasil 247


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na TV Diálogos do Sul


Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Redação Brasil 247

LEIA tAMBÉM

Lula-RS-Brasil (2)
Nas mãos de Lula, caos no RS é sequela do bolsonarismo: desmonte ambiental e fake news
mães - palestina
Dia das Mães: algumas mães só querem a paz de presente, lembra ato pró-Palestina em Brasília
RS - inundações
Chamado à solidariedade internacionalista: inundação no RS demanda mobilização
Lula - 1 de maio
Cannabrava | Lula se perdeu nos atos de 1º de maio