Pesquisar
Pesquisar

Manifestações levam milhares às ruas do Brasil e endurecem barreira contra golpismo

Protestos foram convocados pelas frentes Brasil Popular, Povo Sem Medo, Fórum das Centrais Sindicais, Coalizão Negra por Direitos e Convergência Negra
Redação Rede Brasil Atual
Rede Brasil Atual
São Paulo (SP)

Tradução:

Manifestantes foram às ruas nesta segunda-feira (9) para defender a democracia, ameaçada por atos de terrorismo promovidos por bolsonaristas em Brasília ontem (8). Em mobilizações nas principais avenidas e praças brasileiras, estudantes, trabalhadores, políticos e ativistas defenderam a soberania da vontade popular expressa com lisura nas urnas. Rechaçaram a violência e o terrorismo bolsonaristas e reivindicaram que – sem anistia – todos as pessoas envolvidas nos atos golpistas sejam processadas e punidas. Inclusive aquelas que investem recursos financeiros e equipamento, como têm feito muitos empresários.

Além destes, as manifestações pediram o devido enquadramento daqueles que, historicamente, têm promovido a narrativa política da intervenção militar no país, da derrubada de governos democraticamente eleitos, e da retomada de regimes autoritários. É o caso do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), derrotado na disputa à reeleição.

Assista o vídeo

Após quatro anos trabalhando pela reinstalação da ditadura no país, Bolsonaro se calou ao perder a eleição para Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e se recolheu. Enquanto isso, seus seguidores se mantiveram acampados diante de quartéis do Exército em diversos pontos do país pedindo golpe militar contra o presidente Lula, eleito legitimamente. Bolsonaro fez raras aparições, e nelas passou mensagens dúbias, alimentando ainda mais a imaginação de seus fanáticos seguidores, entre os quais estão policiais e militares, de que haveria um golpe de estado no país.

Os atos de hoje foram convocados pelas frentes Brasil Popular, Povo Sem Medo, Fórum das Centrais Sindicais, Coalizão Negra por Direitos e Convergência Negra. Os movimentos propõem novo ato político, agora em Brasília, na próxima quarta-feira (11). Para esta manifestação serão convocadas lideranças, autoridades e segmentos da sociedade comprometidos com a defesa do Estado democrático de direito.


Confira fotos e vídeos a seguir

Protestos foram convocados pelas frentes Brasil Popular, Povo Sem Medo, Fórum das Centrais Sindicais, Coalizão Negra por Direitos e Convergência Negra

Foto: Annelize Tozetto/Mídia NINJA
Mídia Ninja: Em São Paulo, milhares de pessoas denunciam os terroristas e pedem que os golpistas sejam responsabilizados

Manifestação na avenida paulista . Foto: @kboughoff





Confira alguns dos atos no Exterior


Redação | Rede Brasil Atual


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na TV Diálogos do Sul


Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.

Redação Rede Brasil Atual

LEIA tAMBÉM

Brasil-diplomacia-Lula
Ausência do Brasil em cúpula de Zelensky é mais um acerto da diplomacia brasileira
G20 n
G20 em quadrinhos | nº 5: Natureza
lula-brasil-eleições
Frei Betto | Eleição de outubro é chance de fortalecer progressismo; isso, ou a volta do golpismo
g20-em-quadrinhos-4
G20 em quadrinhos | nº 4: Talento