Pesquisar
Pesquisar

Memorial Liberdade e Democracia João Goulart

João Baptista Pimentel Neto

Tradução:

capa_folderO Memorial  Liberdade e Democracia Presidente João Goulart, obra do arquiteto Oscar Niemeyer, nasceu da necessidade de informar ao público, principalmente às novas gerações, o período obscuro da ditadura e a luta pela retomada da liberdade e redemocratização do país. 

A ser construído no Eixo Monumental, em Brasília, com 1.760 m²,  terá como projeto de ativação do espaço os conceitos de: LIBERDADE e DEMOCRACIA.

O projeto interativo tem como objetivo levar o visitante a um processo de imersão na atmosfera dos anos de exceção de forma que, seja possível, perceber a importância do resgate da liberdade e da democracia que devem ser reverenciadas e aprimoradas ininterruptamente.

O Espaço João Goulart, mais do que um local que relate a recente história do nosso país,se propõe a ser um lugar de reflexão da vida democrática, através de eventos temáticos, desenvolvidos em seminários, debates, oficinas, palestras, mostras de filmes, exposições artísticas, entre outras atividades e estará aberto gratuitamente ao público nos 365 dias do ano.

captura_de_tela_2014-07-31_as_14.12.25_0O Instituto Presidente João Goulart fomentará visitas ao espaço com o intuito de trazer estudantes secundaristas da rede pública e privada, universitários, sindicalistas, trabalhadores, pesquisadores, historiadores e o cidadão brasileiro que queira se encontrar com a recente história do nosso país.

O terreno cedido pelo Distrito Federal para edificação do Espaço João Goulart possui 10.200m2 e a área edificada prevista no projeto arquitetônico ocupa menos de 10% deste total; ou seja, 90% serão submetidos ao tratamento paisagístico necessário a integrar e harmonizar a área verde à construção civil.

O Projeto Paisagístico contempla diversos espaços de convivência, como a Praça dos Cinamomos, com bancos ao ar livre, além de uma área que funciona como um anfiteatro, podendo ser utilizado para apresentação de espetáculos culturais ao ar livre, como peças teatrais, musicais, espetáculos de dança, espaço para leitura e exposições entre outras manifestações artísticas e culturais.

No Prédio anexo de 450 m² funcionará o Instituto Presidente João Goulart(IPG), entidade sem fins lucrativos que completa neste ano 10 anos de fundação.

captura_de_tela_2014-07-31_as_15.07.41Com natureza jurídica de OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), o IPG vem resgatando a história do período da ditadura, assim como as consequências do golpe de 1964 para a sociedade brasileira. Desenvolve em parceria com entidades públicas e privadas, diversas ações com o intuito de preservar os preceitos constitucionais de liberdade, democracia, legalidade, soberania, independência econômica e justiça social, preceitos pelos quais o Presidente Jango lutou e morreu no exílio.

Visando  democratizar a informação, o projeto contempla o Memorial Virtual, possibilitando desta forma , mediante a visitação eletrônica, que a informação e o acesso ao conteúdo do Memorial João Goulart  chegue a aqueles que não possam se deslocar até a capital da República para obter esse conhecimento.

Desta maneira, quando pronto, será possível visitar o Memorial através da página eletrônica do Instituto João Goulart, institutojoaogoulart.org.br, hoje, com 60 mil acessos mensais, que se transformará em um portal  para  abrigar esse novo conteúdo, tendo  como previsão, um aumento para 200 mil  page views mensais.

captura_de_tela_2014-07-31_as_14.10.17_0No portal do IPG, alem do Memorial Virtual e seu conteúdo, funcionará a TV Web e a Rádio Web do IPG, gerando informações sobre o Presidente João Goulart e temas referentes ao seu legado.

No portal do sitio do IPG terá um link para a agência de notícias Página 64,  http://pagina64.com.br , um jornal eletrônico atualizado em tempo real sobre os principais acontecimentos no Brasil e no Mundo acerca de temas pertinentes aos eixos do projeto principal: Democracia, Liberdade, Soberania, Justiça Social, Legalidade.

Saiba +

 


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
João Baptista Pimentel Neto Jornalista e editor da Diálogos Do Sul.

LEIA tAMBÉM

Lula
Frei Betto | Para Lula, momento exige maior sintonia entre governo e movimentos sociais
Lula-RS-Brasil (2)
Nas mãos de Lula, caos no RS é sequela do bolsonarismo: desmonte ambiental e fake news
mães - palestina
Dia das Mães: algumas mães só querem a paz de presente, lembra ato pró-Palestina em Brasília
RS - inundações
Chamado à solidariedade internacionalista: inundação no RS demanda mobilização