Pesquisar
Pesquisar

Michael Temer: aliado de bico tucano

Revista Diálogos do Sul

Tradução:

tucanoGraves, extremamente graves e inoportunas as palavras que emanaram do bico de Michael Temer, com cores e ares de tucano, prontinhas para um recado com alvo: alerta para o Planalto e a Dona Dilma que “estou aqui”, na condução do PMDB, aliado central que dá sustentação a aliança de governabilidade e pronto para voar no cerrado árido de Brasília.

As instituições, aparentemente funcionais e autônomas desfilam aberturas de inquérito, denuncias de fraude eleitorais de ministros do STF que não se contentam em administrar a justiça, juízes que em nome do combate a corrupção se aliam para entregar  nossa maior estatal ao controle de empresas estrangeiras, a Petrobras. Entrega esta que já se avizinha através de projetos de senadores conhecidamente entreguistas de nosso patrimônio nacional. A verdadeira aliança é mais visível nas atitudes golpistas destas aparentes e autônomas instituições do Brasil, do que a frágil e quebradiça aliança de governabilidade.

Todos conhecemos, através de fatos, eleição tr[as eleição a posição do PMDB: “si hay gobierno yo soy a favor”.

As palavras encapsuladas do sempre esperto Michael Temer, de que Dilma não termina o mandato se forem mantidos os índices de popularidade nos três anos e meio que faltam para encerrar o mandato, quem sabe não é um ato de aviso aos demais e incógnitos pemedebistas prontos para pular do ninho: estamos no caminho certo (o deles).

Já circula nos meios encapsulados que não é hora de forçar o impeachmeant de Dilma, mas de ir sangrando-a paulatinamente , até fechar os dois anos de mandato, pois assim, em caso de uma grave crise institucional, praticada por eles mesmos, não haveria mais chances de realizar outras eleições, estando Temer em uma atitude de que se “sacrificaria” pelo Brasil assumindo a presidência; tendo ainda à frente a possibilidade de reeleição e abatendo mais ainda a possível candidatura de Lula com este contínuo lento e dolorido sangramento  do PT e seus quadros.

Começaria então a era do PMDB com bico de tucano?

 

João Vicente Goulart

Diretor IPG- Instituto João Goulart


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.

LEIA tAMBÉM

Lopez-Obrador-Claudia-Sheinbaum (2)
Eleições no México: sob legado de Obrador, esquerda caminha para vitória com Claudia Sheinbaum
Cópia de DIREITA TERÁ FORÇA PARA DERROTAR CONSTITUIÇÃO(124)
Roberto Requião: Saí do PT porque adotaram liberalismo econômico do Guedes
Luis Abinader
Política de Abinader contra refugiados do Haiti é contradição que ameaça economia dominicana
Carlos Rodríguez
"Milei provocou uma das recessões mais rápidas e profundas da história", diz ex-braço direito