Pesquisar
Pesquisar

Minuto a minuto: veja como foram os atos em defesa da democracia

Mobilizações foram impulsionadas pela leitura, na Faculdade de Direito da USP, em São Paulo (SP), de duas cartas em defesa da democracia
Guilherme Ribeiro
Diálogos do Sul
Bauru (SP)

Tradução:

Nesta quinta-feira (11), diferentes atos e manifestações foram organizados em todo o país em protesto aos ataques de Bolsonaro às urnas eletrônicas, ao resultado das eleições e às instituições democráticas.

As articulações foram impulsionadas pela leitura da “Carta às brasileiras e aos brasileiros em defesa do Estado democrático de Direito”, escrita por ex-alunos de Direito da USP e que já contam com quase 1 milhão de assinaturas de pessoas físicas. 

Veja como foi o ato ao vivo:


Também foi lida a carta “Em Defesa da Democracia e da Justiça”, de autoria da Fiesp e assinada por diferentes entidades, igualmente em defesa das instituições e processos democráticos no Brasil.

Ao longo do dia, 21 capitais e outras cidades organizam mobilizações, incluindo a leitura simultânea da “Carta às brasileiras e aos brasileiros”.

Acompanhe abaixo o que rolou:



Mobilizações foram impulsionadas pela leitura, na Faculdade de Direito da USP, em São Paulo (SP), de duas cartas em defesa da democracia

Elineudo Meira
Nesta quinta-feira (11), diferentes atos e manifestações são organizados em todo o país


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Guilherme Ribeiro Jornalista graduado pela Unesp, estudante de Banco de Dados pela Fatec e colaborador na Revista Diálogos do Sul.

LEIA tAMBÉM

Lula
Frei Betto | Para Lula, momento exige maior sintonia entre governo e movimentos sociais
Lula-RS-Brasil (2)
Nas mãos de Lula, caos no RS é sequela do bolsonarismo: desmonte ambiental e fake news
mães - palestina
Dia das Mães: algumas mães só querem a paz de presente, lembra ato pró-Palestina em Brasília
RS - inundações
Chamado à solidariedade internacionalista: inundação no RS demanda mobilização