Pesquisar
Pesquisar

Nasce uma "estrela": Como EUA financiam subversão contra Cuba por meio de prêmios internacionais

Fórmula de pagamento à contrarrevolução, os prêmios, muitos deles de milhares de dólares ou euros, foram para as mãos de pessoas como Yoani Sánchez, que se tornou blogueira após ser recrutada na Espanha em 2004 pela CIA
Redação Prensa Latina
Prensa Latina
Havana

Tradução:

Segundo o portal Cubadebate, a forma como as comissões são enviadas por meio de prêmios oferece a possibilidade de destinar grandes somas de dinheiro, justificando-as com supostos atos de “luta pelos direitos humanos”, e são uma tentativa de contornar as denúncias da nação caribenha.

A publicação Los Premios, fórmula de pagamento à contrarrevolução, ilustrou que os prêmios, muitos deles de milhares de dólares ou euros, foram para as mãos de pessoas como Yoani Sánchez, que se tornou blogueira após ser recrutada na Espanha em 2004 pelo agente da CIA Carlos Alberto Montaner.

Para se posicionar internacionalmente, apenas um ano após o lançamento de seu blog, a revista americana TIME a selecionou em 2008 entre as 100 pessoas mais influentes do mundo, fato que se repetiu em 2021 com o contra-revolucionário Luis Manuel Otero Alcántara.

Além disso, a revista People escolheu Sánchez como uma das 25 pessoas mais destacadas da América Latina, “ações que serviram de base para o início de uma cascata vertiginosa de prêmios, algo sem paralelo na história dos intelectuais latino-americanos”, disse a fonte.

Fórmula de pagamento à contrarrevolução, os prêmios, muitos deles de milhares de dólares ou euros, foram para as mãos de pessoas como Yoani Sánchez, que se tornou blogueira após ser recrutada na Espanha em 2004 pela CIA

Prensa Latina
Yoani Sánchez, se tornou blogueira após ser recrutada na Espanha em 2004 pelo agente da CIA Carlos Alberto Montaner

Nasce uma “estrela”

“Assim nasceu a ‘estrela’ do momento, fato que foi apoiado por várias agências de notícias e jornais, o que evidenciou o seu serviço à CIA, no âmbito da Operação Sinsonte” (um programa que tentava manipular os meios de comunicação para para fins de propaganda), especifica a publicação.

Segundo a reportagem, Yoani Sánchez é a cubana que mais prêmios recebeu sem ter trabalho intelectual, somente graças a suas ações subversivas.

Cuba resiste a ameaças imperialistas dos EUA: entrevista de Ramonet sobre a situação da ilha

Com o mesmo desenho de financiamento, em outubro passado a Oxi Day Foundation de Washington entregou o Prêmio à Coragem 2021 a Otero Alcántara, chefe do grupo San Isidro, apoiado com cinco mil dólares.

Outro exemplo é como a missão diplomática do Reino da Noruega em Havana reconheceu com seu fundo para o cinema cubano de 2021 o cineasta Carlos Lechuga e o dramaturgo Yunior García, ambos contra-revolucionários.

Além disso, Tania Bruguera, ligada durante anos a atividades subversivas, recebeu recentemente o Prêmio Velásquez de Artes Plásticas, concedido anualmente pelo Ministério da Cultura espanhol e acompanhado por 100.000 euros.

Este método de defraudar ações destinadas a destruir a estabilidade política de um país começou com o conhecido Prémio Sakharov, atribuído pela primeira vez em 1988 pelo Parlamento Europeu e atribuído a alegados opositores de nações com governos não aceitos pelos Estados Unidos.

Redação Prensa Latina

Prensa Latina, especial para Diálogos do Sul — Direitos reservados.


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na Tv Diálogos do Sul

 

   

Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.

Redação Prensa Latina

LEIA tAMBÉM

Yamandú_Orsi_Pepe_Mujica_Uruguai
Esquerda caminha para retomar progressismo no Uruguai após desmonte de Lacalle Pou
Venezuela_pesquisas
Nada, além de pesquisas duvidosas, indica vitória da oposição na Venezuelanezuela
Venezuela_Censura
Mídia brasileira reproduz fake news sobre “censura” a empresas de telecomunicação na Venezuela
Vanessa-Martina-Silva-Maduro (3)
"Banho de sangue": grande mídia mente descaradamente sobre fala de Maduro, diz jornalista na Venezuela