Pesquisar
Pesquisar

"O Som ao Redor" conquista Prêmio Cinema Tropical

Revista Diálogos do Sul

Tradução:

Longa-metragem pernambucano mostra a vida em uma rua de classe média em Recife após a chegada de seguranças particulares para patrulhar a região

O filme “O Som ao Redor”, primeiro longa do diretor pernambucano Kleber Mendonça – gravado em 2010 – é a dica de Diálogos do Sul para os amantes de cinema.

Premiado recentemente como o melhor filme latino-americano pelo júri da terceira edição do Prêmio Cinema Tropical, o longa traz a história de Bia, uma mulher casada e mãe de duas filhas que precisa encontrar uma maneira de lidar com o barulhento cachorro de seu vizinho, imersa em um contexto incomum, que conta com a presença de uma milícia e suas promessas de segurança privada em uma rua de classe média na zona sul do Recife.

Em apenas um ano, “O Som ao Redor” foi exibido em 40 festivais internacionais e sete nacionais. Já na estreia mostrou porque vem chamando a atenção da cena cultural e levou o primeiro lugar na categoria melhor filme no Festival Internacional de Rotterdam, na Holanda. Foi quando, após dezenas de prêmios, também foi elencado entre os dez melhores filmes do ano pelo jornal The New York Times no dia 14 de dezembro.

Vale a pena assistir! Veja o trailer e confira a programação nos cinemas da sua cidade:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Revista Diálogos do Sul

LEIA tAMBÉM

Gustavo Petro
Violação dos acordos de paz: entenda por que Petro vai denunciar a própria Colômbia na ONU
Haiti
Haiti: há pelo menos 20 anos comunidade internacional insiste no caminho errado. Qual o papel do Brasil?
Betty Mutesi
“Mulheres foram protagonistas na reconstrução da paz em Ruanda”, afirma ativista Betty Mutesi
Colombia-paz
Possível retomada de sequestros pelo ELN arrisca diálogos de paz na Colômbia