Pesquisar
Pesquisar

Palestina 2 – Os mortos bombardeiam os mortos

Revista Diálogos do Sul

Tradução:

Winston Orrillo*

Made In IsraelUm arcebispo grego

Conta estupefato:

Tanques israelitas

Estavam bombardeando

Dois cemitérios primos:

Cristão e muçulmano.

 

Que lógica

Vesânica!

São os mortos

Que agridem

Os mortos!

69 Escolas

Refúgios da ONU

Para 100 mil

Que dizem

Se chamarem

               “Deslocados”.

 

Foguetes contra Escolas

E Hospitais

(Um deles Al Agsa) e

Mortos por toda parte.

Os gazenses de hoje

Tal como ratos cercados:

Seu território é

Armadilha e do

Outro lado fica

O mar o terrificado

(E na fronteira

Drástica

Israel e

Agg Egito).

 

E o humor negro

Acode: se refugiaram

Muitos na

          “Torre da Paz” (Rua

Omar Al Mutjar) e

Ali foram podadas

Suas seis plantas

 

Viúvas com 7 filhos

(como Nacha Suker

Que fugiu de

Shiyalya e

Refugia-se

Ligeira

Na Igreja

Ortodoxa:

Árido

Enxame

De mísseis

Seguem-na!)

 

Vários centos

De mortos

Aqui jazem

Truncados (e

Por ali

Um soldado

Israelita também).

 

Alto ao fogo

É bandeira

Paradoxal

Remota!

 

Famílias numerosas

De gazenses

Fogem de bairros

Arrasados

E vão  – é

Ratoeira – a

Outro bairro

 

A morte

É essa hetaira

Que sibila no

Talmude!

 

Infausta é esta

Guerra (como

Todas as guerras)

Mas aqui

A sevícia

Indigesta

Medra. E

Sai um espetáculo

Um reality que tragam

Os jovens semitas

Desde suas confortáveis

Colinas adjacentes.

 

De onde é

Esta raça

Assaz tão carniceira!

 

Leporino o futuro

De Israel

Diviso

Depois de

Tanta morte

Que jamais – sim, poderiam –

Lavar pois

Estilhaçaram

O futuro de um

Povo

Ereto e

Muito bizarro (falo

Da Palestina).

*Do núcleo de colaboradores de Diálogos do Sul – Tradução: Beatriz Cannabrava

 


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Revista Diálogos do Sul

LEIA tAMBÉM

Gustavo Petro
Violação dos acordos de paz: entenda por que Petro vai denunciar a própria Colômbia na ONU
Haiti
Haiti: há pelo menos 20 anos comunidade internacional insiste no caminho errado. Qual o papel do Brasil?
Betty Mutesi
“Mulheres foram protagonistas na reconstrução da paz em Ruanda”, afirma ativista Betty Mutesi
Colombia-paz
Possível retomada de sequestros pelo ELN arrisca diálogos de paz na Colômbia