Pesquisar
Pesquisar

Parlamentares vão STF para tratar do afastamento de Eduardo Cunha

Luiza Erundina

Tradução:

Eduardo Cunha.1Liderados pelo PSOL, parlamentares de vários partidos se reuniram com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, na tarde desta terça-feira (3), para cobrar da Corte uma decisão sobre o pedido de afastamento de Eduardo Cunha da Presidência da Câmara dos Deputados.

A deputada Luiza Erundina e a bancada do PSOL na Câmara, com Jean Wyllys, Chico Alencar, Ivan Valente, Glauber Braga, Edmilson Rodrigues, marcaram presença.

Além deles, deputados de outros cinco partidos estiveram presentes: PT, Rede, PCdoB, PDT e PPS entregaram um ofício onde listam 15 razões para o afastamento de Eduardo Cunha e ratificam que sua manutenção como presidente da Casa e no exercício do mandato impede que o interesse público predomine nos trabalhos do Parlamento, já que ele exerce grande influência sobre um grupo de deputados.
O documento pede manifestação do Supremo sobre o pedido de afastamento do deputado Eduardo Cunha da Presidência da Câmara, feito pela Procuradoria Geral da República, em dezembro de 2015. Os deputados também pedem, cautelarmente, afastamento de Eduardo Cunha do próprio mandato parlamentar.
‪#‎AssessoriaErundina‬

As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Luiza Erundina

LEIA tAMBÉM

Gustavo Petro
Violação dos acordos de paz: entenda por que Petro vai denunciar a própria Colômbia na ONU
Haiti
Haiti: há pelo menos 20 anos comunidade internacional insiste no caminho errado. Qual o papel do Brasil?
Betty Mutesi
“Mulheres foram protagonistas na reconstrução da paz em Ruanda”, afirma ativista Betty Mutesi
Colombia-paz
Possível retomada de sequestros pelo ELN arrisca diálogos de paz na Colômbia