Pesquisar
Pesquisar

PARLASUL aprova permanência de Parlamentares da Venezuela

Revista Diálogos do Sul

Tradução:

int-parlasulA XLV Sessão Ordinária do Parlamento do MERCOSUL se realizou nesta segunda-feira, 27 de março, no Edifício MERCOSUL, em Montevidéu, Uruguai.

Durante a manhã se reuniram as Comissões Permanentes e a Mesa Diretora onde se trataram temas administrativos e políticos.
Posteriormente, a partir das 11 horas, começou o plenário da XLV Sessão Ordinária, onde se abordaram vários temas, entre os quais se destaca a Proposta aprovada sobre a permanência dos Parlamentares venezuelanos no PARLASUL.
Neste sentido, o PARLASUL decidiu manifestar ao Conselho do Mercado Comum a sua posição a respeito, aprovando a continuidade da participação dos Parlamentares venezuelanos no pleno deste legislativo regional. Ao mesmo tempo, exortou ao governo venezuelano que garanta aos Parlamentares deste país todas as condições necessárias para o exercício do seu mandato no Parlamento do MERCOSUL.
A continuação a Ordem do Dia:
a) Informe Presidência Pró Tempore
• Se informa que a Ministra de Relações Exteriores e Culto da República Argentina, Sra. Susana Malcorra, não participará da Plenária por motivos de agenda
b) Discussão e votação da Ata da XLIV sessão ordinária:
• [aprovada]
c) Compromisso dos Parlamentares:

  • Aureo – (Brasil)
  • Hugo Leal – (Brasil)
  • Pollyana Gama – (Brasil)
  • Remídio Monai – (Brasil)
  • Rubens Buenos – (Brasil)
  • Marcelo Matos – (Brasil)
  • Julio Battistoni (Uruguay)

d) Eleição de Vice Presidente pela República Argentina:
• Passa para a próxima Sessão Ordinária
e) Leitura dos assuntos pautados:
• [aprovado]
f) Tema Livre
g) Debate proposto
h) Discussão e votação da Ordem do Dia:
• Neste ponto, foram aprovadas várias Propostas que estarão disponíveis em breve.
Sendo as 17:40 hrs o Presidente Arlindo Chinaglia deu por finalizada a XLV SESSÃO ORDINÁRIA.
Em arquivo anexo segue a Ordem do Dia da XLV SO.
Veja o vídeo da XLV SESSÃO ORDINÁRIA
Acesse o acervo fotográfico da jornada
Agencia PARLASUL – mp – pb


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Revista Diálogos do Sul

LEIA tAMBÉM

Gustavo Petro
Violação dos acordos de paz: entenda por que Petro vai denunciar a própria Colômbia na ONU
Haiti
Haiti: há pelo menos 20 anos comunidade internacional insiste no caminho errado. Qual o papel do Brasil?
Betty Mutesi
“Mulheres foram protagonistas na reconstrução da paz em Ruanda”, afirma ativista Betty Mutesi
Colombia-paz
Possível retomada de sequestros pelo ELN arrisca diálogos de paz na Colômbia