Pesquisar
Pesquisar
Fotos: Gage Skidmore e Antonio Marín Segovia

Perpétua a Snowden, liberdade a Trump: esse é o exemplo de democracia dos EUA

Abissal diferença de tratamento entre Trump e Snowden diz muito sobre a justiça estadunidense
Arialdo Pacello
Espaço Literário Marcel Proust
Florianópolis (SC)

Tradução:

Conteúdo da página

A “Justiça” e a “Democracia” americanas: Trump (91 processos criminais e conspirador contra a Democracia) é autorizado a ser candidato a presidente da República pela Suprema Corte; Snowden (que revelou ao mundo a espionagem americana) é perseguido para ter prisão perpétua!

Realmente, uma abissal diferença de tratamento da “justiça” americana entre Trump e Snowden.

Donald Trump

“Dois anos após ataque ao Capitólio, há mais de 900 presos, 192 condenados à prisão e 350 foragidos”. (6 de jan. de 2023).

O mundo inteiro assistiu, estupefato, a invasão do Capitólio, em 6 de janeiro de 2021, quando uma multidão de trumpistas, munidos de barras de ferro e sprays químicos, atacaram policiais, para obstruir uma sessão que confirmaria a vitória de Joe Biden. Muitas testemunhas afirmam que Trump instigou seus apoiadores para o ato de depredação. Pelo menos dois manifestantes e três policiais morreram durante o ataque, e 140 policiais ficaram feridos.

A insurreição deixou marcas indeléveis na democracia americana, com mortes, prisões e um pedido de impeachment e investigações ainda não concluídas.

Leia também | Trump vai ter que se desdobrar para conciliar campanha eleitoral e julgamentos

Mas o mentor e verdadeiro interessado, Donald Trump, não só continua solto, como está autorizado a disputar as eleições presidenciais, por decisão da Suprema Corte, apesar de suas 91 acusações criminais!

Ao deixar a Casa Branca, Trump levou com ele inúmeras caixas cheias de documentos, apesar de uma lei americana obrigar que todos os presidentes enviem todos os arquivos e documentos para os Arquivos Nacionais. Ele devolveu 15 caixas, mas uma busca do FBI, os agentes aprenderam mais 30 caixas! O nome corrente desta atitude é Espionagem!

Outro indiciamento contra Trump refere-se ao fato de ele ter promovido pagamentos para silenciar três pessoas, cujas revelações poderiam tê-lo prejudicado nas eleições de 2016, que ele venceu.

Leia também | Advogados de Trump pretendem arrastar processos até fim das eleições de 2024

Outra acusação é de que ele pagou US$ 130.000,00 (R$ 650.000,00) à atriz pornô Stormy Daniels sobre um suposto caso extraconjugal ocorrido em 2006.

Em Nova Iorque, a Trump Organization foi condenada a pagar uma multa de 1,6 milhão de dólares (R$ 8 milhões!) por fraude fiscal e financeira.

A Justiça da Geórgia, estado-chave do Sul do país, o indiciou, junto com outras pessoas pela tentativa de alterar o resultado das eleições de 2020. A procuradora encarregada do caso se baseou numa lei em vigor no estado sobre crime organizado, que costuma ser usada contra quadrilhas, cujas penas vão de cinco a vinte anos de prisão. Trump e os demais réus participaram deliberadamente de uma conspiração para mudar ilegalmente o resultado das eleições. Trump enfrenta 13 acusações por tentativa de fraude eleitoral no estado.

Trump também foi condenado por um Tribunal civil de Nova Iorque a pagar US$ 5 milhões em danos à jornalista E. Jean Carroll, por agressão sexual.

E segue ameaçando a nação norte-americana de um banho de sangue caso perca as próximas eleições!

Edward Snowden

Snowden, que revelou ao mundo os métodos de espionagem utilizados pelos Estados Unidos para controlar a vida e o pensamento de sua população e das autoridades de outros países, incluído o Brasil (caso da presidenta Dilma), teve de fugir e está exilado na Rússia, que lhe deu abrigo, mas está sendo perseguido pelos EUA, que querem sua condenação à prisão perpétua – ou à pena de morte!

“O ex-técnico da CIA Edward Snowden, de 29 anos, é acusado de espionagem por vazar informações sigilosas de segurança dos Estados Unidos e revelar em detalhes alguns dos programas de vigilância que o país usa para espionar a população americana – utilizando servidores de empresas como Google, Apple e Facebook – e vários países da Europa e da América Latina, entre eles o Brasil, inclusive fazendo o monitoramento de conversas da presidente Dilma Rousseff com seus principais assessores.” (Fonte: Globo.G1)

Snowden é SOMENTE acusado de “vazar informações de segurança” dos Estados Unidos.

“Em 2013, os documentos sigilosos vazados pelo ex-prestador de serviços da NSA Edward Snowden revelaram que os EUA monitoraram atividades de outros países e de seus líderes, incluindo Dilma e a chanceler alemã Ângela Merkel. ”

Leia também | Snowden é a ponta de um iceberg

“Um dos programas usados pela NSA é chamado de DNI Selectors, que, segundo outro documento vazado por Snowden, captura tudo o que o usuário faz na internet, incluindo o conteúdo de e-mails, e sites visitados”.

“Os grampos norte-americanos, revela a lista do WikiLeaks, também foram instalados em embaixadas, no Banco Central e na residência de diplomatas.” (Fonte: Globo.com – G1, 04.07.2015)

Bem, essas são apenas algumas “das informações de segurança” vazadas, alegadas para condenar Snowden! E pensar que os Estados Unidos, a maior potência econômica do mundo, se arvoram de ser os patronos da liberdade, da democracia e da transparência!

Leia também | Putin concede cidadania russa a Edward Snowden

Os comentaristas tendenciosos e parciais poderiam dizer que os processos e acusações contra Trump não transitaram em julgado. Concordo, em parte. Mas o que explica e justifica essa demora? E a acusação contra Snowden, porque essa perseguição e essa ânsia descontrolada de prendê-lo e condená-lo à prisão perpétua?

— Que democracia é essa que autoriza um cidadão, só porque é rico e poderoso (caso de Trump), a ser candidato à presidência da República dos EUA, se ele tem contra si 91 acusações criminais, entre as quais a de instigar a população a uma conspiração contra a Democracia, que culminou com a invasão do Capitólio, onde morreram manifestantes delinquentes e policiais?

— E que “Democracia” e que “Justiça” são essas se perseguem Edward Snowden, um analista de sistemas, ex-administrador de sistemas da CIA, por ter tornado públicos ao mundo métodos espúrios de vigilância e espionagem adotados pelo governo dos EUA sobre sua própria população e sobre autoridades de outros países, como no caso de Dilma Rousseff, quando era presidenta do Brasil?!!!

Trump está solto e será candidato à presidência. E Snowden é perseguido e está exilado na Rússia; e seu país, proclamado como padrão de Democracia e de Justiça, quer prendê-lo e condená-lo à prisão perpétua – ou à morte!!!


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.

Arialdo Pacello

LEIA tAMBÉM

Jorge Glas
Equador: estado de Jorge Glas é "extremamente grave" e prisão constitui "tortura", alerta defesa
Sudão-Darfur-fome
Limpeza étnica e bola de barro para saciar a fome: entenda a crise em Darfur, no Sudão
Ossos-LWSB
Junto à fábrica de munições construída por Israel na Guatemala, o maior centro de extermínio do país
Primeiro-ministro-georgia-Irakli-Kobakhidze
Projeto de lei na Georgia que anula direitos LGBT+ visa eleições; intolerância atinge 90% da população