Pesquisar
Pesquisar

"Presidencialismo de coalizão não funciona", diz Cannabrava, que lança livro nesta sexta

"A Governabilidade Impossível" mostra como o Brasil chegou à beira do abismo e aponta saídas possíveis para além das eleições
Paulo Cannabrava Filho

Tradução:

Atualmente, há um amplo debate sobre o que temos como democracia no Brasil, a chamada democracia representativa. Segundo Paulo Cannabrava Filho, à direita e à esquerda parece haver consenso de que “o presidencialismo de coalizão não funciona, ou não está funcionando devido ao excessivo fisiologismo dos integrantes desse Congresso, e evoluiu para um presidencialismo de colisão”.

Leia também: 

Ladislau Dowbor: “Virar as costas para a política e deixar a bandidagem rolar solta não resolve”

Em um contexto em que para “consertar o país” tem-se trabalhado arduamente para a destruição da democracia, entregando petróleo, terras e empresas, liquidando os direitos dos trabalhadores, desarticulando políticas sociais básicas nas áreas de saúde e educação — enfim, articulando oligarquias nacionais e interesses transnacionais, não mais contidas pelas instituições, por regras do jogo democráticas, o livro A Governabilidade Impossível busca nos possibilitar um olhar crítico sobre o passado e o presente da política brasileira.

Ao traçar o processo histórico de formação da nova direita, da expansão do neoliberalismo, de como os interesses da oligarquia foram se estruturando em partidos políticos e deformando as eleições, incluindo o papel da mídia, do judiciário, dos bancos e outros atores centrais do processo político, Cannabrava abre uma perspectiva muito mais clara para entender os nossos desafios atuais. 

Para o sociólogo Ladislau Dowbor, autor do prefácio à obra, mais que um livro de “política”, o livro pode ser considerado uma ferramenta para entendermos melhor as engrenagens do poder e nos organizarmos para os inevitáveis enfrentamentos.

Lançamento  

Quem estiver em São Paulo, poderá participar do evento de lançamento do livro, que será realizado no dia 28 de setembro, à partir das 18h30, na sede da Alameda Casa Editorial, no histórico bairro do Bixiga, na Bela Vista.

Serviço

Data: Sexta-feira, 28 de setembro.

Horário: 18h30 às 21h30.

Onde: Rua 13 de Maio, 353 — Bela Vista, São Paulo.


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Paulo Cannabrava Filho Iniciou a carreira como repórter no jornal O Tempo, em 1957. Quatro anos depois, integrou a primeira equipe de correspondentes da Agência Prensa Latina. Hoje dirige a revista eletrônica Diálogos do Sul, inspirada no projeto Cadernos do Terceiro Mundo.

LEIA tAMBÉM

vintage-historic-photos-of-the-battle-of-berlin-1945-bw-10
A batalha de Berlim e a rendição nazista: entrevista com um combatente
Paris
Da Porte de la Villette à Bastille: uma jornada pela cultura e modernidade de Paris
Questão-racial-Brasil (1)
Lima Barreto, 13 de maio e a questão racial no Brasil
ASTROJILDOPEREIRA-MGLIMA-2023-OK
O marxismo de Astrojildo Pereira, fundador do Partido Comunista do Brasil (PCB)