Pesquisar
Pesquisar

Putin nomeia novo governo, mas mantém ministros da defesa e relações exteriores

As mudanças afetam a totalidade dos membros do chamado bloco social do governo e mais ou menos a metade do bloco econômico
Juan Pablo Duch
La Jornada
Moscou

Tradução:

O presidente Vladimir Putin designou os integrantes do governo da Rússia encabeçado por Mijail Mishustin –primeiro ministro de carácter eminentemente técnico, mediante um decreto que foi dado a conhecer na noite da ultima terça-feira (21).Vladimir Putin  e Mijail Mishustin/ Reproodução kremlin.ru

Na renovada composição do Gabinete figuram nove vice primeiros ministros  (eram 10) e 21 ministros (foi suprimida a pasta de assuntos do Cáucaso do Norte), enquanto Anton Siluanov, que continua à frente do Ministério de Finanças, deixa o segundo cargo em importância depois de Mishustin -como primer vice primeiro ministro- em mãos de Andrei Belousov, que se desempenhava como assessor econômico de Putin.

Outros cinco vice primeiros ministros são incorporados ao governo por primeira vez, sete saem e três se mantêm. 

As mudanças afetam a totalidade dos membros do chamado bloco social do governo e mais ou menos a metade do bloco econômico

Reprodução: Twitter
Na renovada composição do Gabinete figuram nove vice primeiros ministros (eram 10) e 21 ministros

Quanto aos ministros, repetem os pesos pesados, entre eles, os titulares das pastas de Defesa, Serguei Shoigu; Interior, Vladimir Kolokoltsev; Relações Exteriores, Serguei Lavrov; e Industria e Comercio, Denis Manturov, em um total de doze ministros.

E abandonam o Gabinete os nove funcionários que – com seu comportamento sob suspeita e declarações inoportunas – causavam à imagem do Kremlin mais prejuízo do que benefícios: os encarregados de Saúde, Cultura, Educação, Desenvolvimento Econômico, Educação Superior e Ciência, Justiça, Comunicações, Trabalho e Esportes agora destituídos ou relegados a postos de segundo escalão. 

Em resumo, as mudanças afetam a totalidade dos membros do chamado bloco social do governo e mais ou menos a metade do bloco econômico, sem que até agora tenham se produzido trocas nas pastas que dependem diretamente do Presidente, salvo a de Justiça e a Promotoria Geral, que desde a segunda-feira anterior tem novo titular, Igor Krasnov. 

*Traduzido por Beatriz Cannabrava


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Juan Pablo Duch Correspondente do La Jornada em Moscou.

LEIA tAMBÉM

Netanyahu
Pouco há para comemorar na decisão da Corte Penal Internacional contra Netanyahu
Nationale Sozialisten,Demonstration,Recht auf Zukunft,Leipzig,17
Conluio da extrema-direita realizado em Madri é só a ponta do iceberg
EUA-fentanil
A DEA, a ofensiva contra o México, o fentanil e os mortos por incúria
Wang-Wenbin-China
China qualifica apoio dos EUA a separatismo em Taiwan como “grave violação” e exige retratação